2014 promete ser muito favorável à expansão dos parques eólicos do RN

- O anúncio feito esta semana pelo Ministério das Minas e Energia – de que serão realizados no decorrer deste…

- O anúncio feito esta semana pelo Ministério das Minas e Energia – de que serão realizados no decorrer deste ano pelo menos 12 leilões no setor energético, sete deles para aquisição de energia com o objetivo de acrescentar mais 6 mil megawatts de capacidade instalada em novas usinas hidrelétricas, térmicas, eólicas ou solares – traz otimismo para investidores nacionais e estrangeiros com projetos nessa área.
– O Rio Grande do Norte, comprovadamente um dos Estados brasileiros com maior vocação para a geração abundante de energias renováveis e não poluentes – especialmente a eólica – certamente fará excelente proveito do grande número de leilões de compra de energia pelo governo federal, assim como deverá ser beneficiado pelos cinco leilões para implantação de novas linhas de transmissão, através das quais ampliará sua capacidade de exportação de eletricidade para outros pontos do país.
– Em todo o ano de 2013 o governo só conseguiu instalar cerca de 10 mil quilômetros de linhas de transmissão, a maior parte deles na região Norte, interligando usinas hidrelétricas da Amazônia a algumas grandes cidades.
– Foram realizados no último exercício apenas 4 leilões de linhas de transmissão, que contrataram 8 mil quilômetros de linhas, um parcela dos quais atenderá, dentro de poucos meses, a vários parques eólicos instalados no interior potiguar que ainda não conseguiram entrar em operação.

Justiça do Trabalho condena grupo Estácio em R$ 2 milhões por dano moral coletivo

– A juíza da 2ª. Vara do Trabalho de Natal, Luíza Arraes, condenou a empresa Sociedade Natalense de Educação e Cultura Ltda. (ANEC), controlada pelo grupo educacional Estácio (Estácio Participações S/A), ao pagamento de multa no valor de R$ 2 milhões por dano moral coletivo.
– Além da multa, a empresa ficará obrigada a regularizar os pagamentos das verbas rescisórias dos contratos de trabalho de vários empregados, bem como a assegurar a isonomia salarial no seu quadro de servidores, ou seja, pagar salários iguais a todos que exercem funções iguais em sua rede de faculdades.
– Pela decisão, o grupo Estácio também terá que efetuar em dia o depósito mensal, nas contas vinculadas dos trabalhadores, das parcelas mensais do FGTS e regularizar os débitos nessas contas, identificados através da inspeção realizada pelos fiscais da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (antiga DRT/RN).
– A empresa educacional ainda terá que regularizar a situação de empregados colocados em regime de licença não remunerada, procedendo a rescisão dos seus contratos de trabalho ou convocando-os para retornar imediatamente ao trabalho.
– Antes que fosse proposta a ação contra o grupo Estácio, o Ministério Público do Trabalho propôs à empresa, por duas vezes, a assinatura de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), o que não foi aceito.

Consultoria internacional traça perfil de fraudadores

– Estudo publicado pela empresa KPMG International, uma das mais acreditadas prestadoras de serviços de compliance (controles e auditagens) do mundo, mostra que o fraudador típico é uma pessoa que tem entre 36 e 55 anos de idade, que exerce cargos gerenciais ou de executivo e que trabalha na mesma empresa (ou instituição) há mais de seis anos.
– Sob o título “Global Profiles of the Fraudster” (Perfis Globais de um Fraudador), o estudo aponta as principais características de um vigarista. Segundo a pesquisa, 70 por cento dos típicos fraudadores estão na faixa etária acima referida e trabalham quase sempre nas áreas executiva, financeira, operacional, de vendas ou no marketing.
– O levantamento também mostra que em 70 por cento dos casos de fraudes, os autores consideram difícil praticar o crime sozinho, e daí passam a atuar em conjunto com outros executivos.
– A recomendação principal que o estudo faz aos empresários e dirigentes de organizações para que minimizem os riscos de se tornar vítimas de golpes, é a de que todos precisam ter consciência de que fraudadores podem estar em qualquer lugar e agir a qualquer instante; e para descobri-los nada melhor do que implantar sistemas eficientes de compliance.
– A fraude mais comum é a apropriação indébita, ou simplesmente o roubo de ativos (dinheiro ou outros bens), que corresponde a 56 por cento dos casos. Destes, 40 por cento consistem em desvios de recursos. Em 27 por cento das vezes, as fraudes acontecem no setor de compras.

Petrobras lança mais um Plano de Incentivo ao Desligamento Voluntário

– A Diretoria Executiva da Petrobras aprovou esta semana um Plano de Incentivo ao Desligamento Voluntário (PIDV), direcionado para os empregados com idade igual ou superior a 55 anos.
– Segundo nota divulgada pela área de comunicação da estatal do petróleo, “este Plano é fruto da implantação do Programa de Otimização de Produtividade (POP), que tem por objetivo influenciar positivamente na produtividade da Petrobras visando contribuir para o alcance das metas de desempenho do Plano de Negócios e Gestão (PNG).”
– A proposta do PIDV foi desenvolvida de forma a planejar e sistematizar os desligamentos dos empregados que se inscreverem no programa atendendo aos seguintes objetivos: adequar os efetivos da companhia ao PNG; atender aos interesses da companhia compatibilizando com as expectativas dos empregados e preservar os conhecimentos existentes na companhia.
– As inscrições serão voluntárias e abrangentes a todos os empregados considerados “desligáveis”. Nos próximos dias serão divulgadas as regras para execução do Plano, que certamente terão repercussão entre os petroleiros mais antigos que atuam nos setores de exploração e produção da Bacia Potiguar.

Seturde apoiará a 1ª. Feira de Turismo Religioso em Natal

– O secretário de Turismo da Prefeitura do Natal, Fernando Bezerril, informa que será dado todo apoio à realização na cidade da 1ª. Feira de Turismo Religioso – a Expo Tour Católica – que terá como principal objetivo resgatar o turismo religioso como instrumento capaz de ajudar ao desenvolvimento econômico do Estado.
– A Feira, prevista para a primeira quinzena de novembro próximo, ficará a cargo da empresa Prodevtur (Produtora e Promotora de Eventos e Turismo Religioso), tem apoio da cúpula da Igreja Católica do RN.
– O lançamento da Expo Tur Católica será dia 22 de janeiro (quarta-feira), às 9:00 horas, no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal, quando serão anunciados maiores detalhes sobre a promoção.

Compartilhar: