41ª Exposição Agropecuária do Seridó bate recorde e movimenta R$ 7 milhões

As diferenças para as edições anteriores começam pelo número de animais expostos que passou de 500, em 2013, para 2 mil, entre caprinos, ovinos e bovinos

Foto: Ivonízio Ramos
Foto: Ivonízio Ramos

A 41ª Exposição Agropecuária do Seridó realizada no último final de semana, em Caicó, está sendo considerada a melhor de todas as edições e bateu recorde histórico em seus 41 anos de existência. Em três dias, entre a última sexta-feira, e o domingo, 18, o evento movimentou R$ 7 milhões em negócios no Parque de Exposições Monsenhor Walfredo Gurgel.

As diferenças para as edições anteriores começam pelo número de animais expostos que passou de 500, em 2013, para 2 mil, entre caprinos, ovinos e bovinos. A ocupação que no ano passado foi de 4 currais, este ano chegou a 44. “O aumento do volume de negócios ocorreu, entre outro fatores, pelo abrandamento da seca, a recuperação do pasto, no investimento em divulgação que realizamos e na retomada do agro negócio”, comemorou a Governadora Rosalba Ciarlini ao receber o balanço da Exposição na manhã desta segunda-feira, 19.

Mudanças na organização também foram consideradas primordiais para o sucesso. O Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e da Pesca, realizou melhorias no Parque de Exposições Monsenhor Walfredo Gurgel,em parceria com a Prefeitura de Caicó, além de incrementar a exibição.

Nesta edição a feira contou com a exposição regional de caprinos da raça Boer, trazida pela Associação Brasileira de Criadores de Caprinos Boer, normalmente organizada em grandes cidades. A novidade atraiu maior público para o tradicional evento.

Para fortalecer ainda mais os negócios, a Governadora Rosalba Ciarlini anunciou que, a pedido dos criadores, o Parque de Exposições Monsenhor Walfredo Gurgel vai passará a ter a gestão compartilhada entre a Prefeitura de Caicó e Associação Seridoense de Criadores (Asserc). Uma alternativa para a criação de uma feira semanal na cidade.

A 41ª Exposição Agropecuária do Seridó foi realizada pelo Governo do Estado em Parceria com a Ancoc, Anorc e Prefeitura de Caicó.

Febre aftosa

Outra possível razão para o crescimento no volume de negócios da 41ª Exposição Agropecuária do Seridó foi que até o final de maio receberá da Organização Mundial de Saúde Animal, o reconhecimento internacional de área livre de febre aftosa com vacinação, juntamente com outros estados do Nordeste.

Calendário

O circuito potiguar de eventos para o setor da agropecuária segue até o final do ano. Até lá, serão realizados pelo menos mais seis eventos. Entre eles, Exposição no município de Coronel Ezequiel Pessoa (Junho); Exposição em Currais Novos (Julho); Festa do Bode, em Mossoró (Agosto) e Festa do Boi, em Parnamirim (Outubro).

 

Compartilhar: