ABC tem dura missão fora de casa contra o Atlético-GO pela Copa do Brasil

Como o confronto de ida terminou empatado por 1 a 1, o time de Goiânia se classificará até mesmo com o 0 a 0

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Após empatar por 1 a 1 no jogo de ida e conseguir um importante gol longe de seus domínios, o Atlético-GO volta a encarar o ABC, nesta quarta-feira, de olho na vaga para a 3ª fase da Copa do Brasil. O confronto será realizado no Estádio Serra Dourada, às 20h30.

O time Potiguar, por sua vez, suportou a pressão no primeiro confronto e não acabou derrotado. Para se classificar, porém, precisará jogar melhor e vencer a partida de qualquer maneira. Um 0 a 0 classifica o Atlético, já o 1 a 1 leva para os pênaltis. Quem se classificar terá pela frente o Novo Hamburgo-RS.

Reforço

Com uma lesão no joelho, o zagueiro Lino ficou fora dos dois últimos jogos do Atlético diante de ABC e América. Agora recuperado, o defensor que marcou o gol do título do Campeonato Goiano pra cima do Goiás deve voltar ao time titular ao lado de Artur.

Outro jogador que pode pintar nos onze iniciais é o volante Wagner Carioca. Recuperado de lesão, ele pode acabar ficando com a vaga de Renan Foguinho, que por sua vez, deixou o treino sentindo uma lesão e preocupa para a partida. Caso Foguinho não tenha condições de jogar, Wagner Carioca entrará em seu lugar.

Por mais que o 0 a 0 sirva para se classificar, o treinador Marcelo Martelotte sabe das chances do confronto ser decidido nos pênaltis e por isso executou diversas cobranças ao longo do treino desta terça-feira.

Destaque do Boavista, o atacante André Luis acertou sua chegada ao Dragão, mas como já havia atuado pelo time carioca na Copa do Brasil, não pode mais entrar em campo na competição nacional.

Parada dura

Com boa campanha na Série B, onde ocupa a 4ª posição com sete pontos, o ABC sabe que terá pela frente uma parada dura caso queira se classificar à 3ª fase da Copa do Brasil. Após ser derrotado por 2 a 1 pela Ponte Preta no último sábado tendo sofrido gol aos 51 do segundo tempo, o treinador Zé Teodoro acredita que é hora de ter tranquilidade.

“É hora de termos tranquilidade para administrar o grupo. Fomos derrotados pela Ponte Preta com gol no fim, mas vamos seguir trabalhando forte. Nesta quarta-feira temos outro grande desafio pela Copa do Brasil e se quisermos a classificação, precisamos de calma e tranquilidade”, analisou o comandante.

Para o confronto, Zé Teodoro terá dois importantes desfalques. O lateral-direito Patrick que se lesionou diante da Ponte Preta está fora, assim como o volante Michel que já defendeu a Caldense/MG na Copa do Brasil e também não poderá jogar. Por outro lado, o zagueiro Robson e o meia Octávio foram relacionados de última hora e são opções para o jogo.

Fonte: Futebol Interior

Compartilhar:
    Publicidade