Adolescente abre primeira loja de penhores de tênis no mundo

Ideia de negócio surgiu ao pedir dinheiro emprestado ao pai

O estudante americano descobriu uma oportunidade de negócio. Foto: Divulgação
O estudante americano descobriu uma oportunidade de negócio. Foto: Divulgação

Os tênis chamados “sneakers”, por serem estilosos, estão cada vez mais em alta em Nova York, Estados Unidos, e um adolescente de 16 anos com tino comercial está tirando proveito disso. Usando sua própria coleção de 45 pares, que lhe rendeu US$ 30 mil (R$ 66 mil), Chase Reed abriu a primeira loja de penhores de tênis do mundo. A ideia surgiu quando o garoto pediu US$ 50 emprestados para o pai, Troy Reed, que pegou um de seus tênis como garantia de pagamento.

“Crianças não têm joias nem carros, mas eles têm tênis em casa que valem milhares de dólares”, disse o pai ao New York Post. O jovem agora está sendo procurado por outros “investidores”. Um dos clientes penhorou o tênis para pagar o funeral do irmão, e outras duas meninas porque queriam dinheiro para pagar vestidos de baile. “Era uma ideia que estava bem à minha frente e eu apenas a tornei real”, contou Chase.

Enquanto o adolescente está na escola, é seu pai e um tio que cuidam do negócio. Mas quem avalia a qualidade dos produtos penhorados é o próprio Chase. Não pode estar amarelado, nem excessivamente desgastado nas solas e, segundo ele, os mais valiosos são os que não estão mais sendo fabricados.

“Depois de avaliar, eu dou, vamos dizer, US$ 100 para a o cliente. Se ele quiser de volta, terá de pagar os US$ 100 mais US$ 20 pelo armazenamento na loja”, explica o pai. Caso haja alguma oferta para aquele par de tênis, o credor é notificado e tem o direito de recusá-la, desde que possa cobrir a proposta em dinheiro. Quando o calçado é vendido por mais do que a dívida, o credor fica com 80% do lucro e o resto vai para a loja.

O valor de um par que não é mais fabricado, se estiver só levemente desgastado, pode saltar de forma exponencial em relação ao seu preço inicial de varejo. O Nike Air Yeezys — tênis de assinatura do rapper Kanye West —, por exemplo, é encontrado por entre entre US$ 1,7 mil e US$ 15 mil no site eBay. Originalmente, ele custava US$ 263. Depois do primeiro passo para abrir seu próprio negócio, o estudante está investindo agora em criar pinturas personalizadas para algumas peças, o que pode lhe render de US$ 150 a US$ 250 por arte.

Fonte: O Globo

Compartilhar: