Adolescente comete suicídio após postar carta de despedida no Facebook

Jovem norte-americana de 13 anos seria vítima de bullying

Nailani usava as redes sociais para postar conteúdos suicidas. Foto: Divulgação
Nailani usava as redes sociais para postar conteúdos suicidas. Foto: Divulgação

Uma garota de 13 anos morreu na quinta-feira (3) depois de uma tentativa de suicídio. A estudante havia sofrido bullying e usava as redes sociais para postar pensamentos suicidas.

Nailani Buccholts morava em Los Osos, na Califórnia, nos Estados Unidos. No dia 29 de março a menina escreveu um bilhete aos pais e se enforcou enquanto eles estavam ocupados. A menina ainda passou cinco dias no hospital lutando pela vida até morrer.

A estudante, que usava o Facebook e escrevia em cadernos o quanto era feliz com a família, tinha problemas com os colegas de escola e sofria bullying desde o ensino fundamental. Nailani era insultada sobre seu peso e sua aparência física. A menina chegou a pedir para ficar em casa para evitar os assédios.

Nailani mudou seus hábitos alimentares e perdeu peso. Ainda assim, os colegas continuaram a zombar dela chamando-a de “feia” e “gorda”.

No último ano, as redes sociais de Nailani se encheram de mensagens negativas. A adolescente sempre publicava em seu Facebook cartazes de mídia social que falavam de suicídio. A menina também postava vídeos no Vinebox em que mostrava claros problemas de autoestima.

Em um dos vídeos, Nailani Buchholz disse que sentia que todos estavam olhando para ela e a chamando de feia.

Funcionários da Escola San Luis, onde a menina estudava, não disseram o que farão ou planejam fazer em relação ao assédia moral sofrido por Nailani.

Fonte: R7

Compartilhar:
    Publicidade