Adolescente de 17 anos é morto em Parnamirim e bandido escreve nome de mulher com sangue

Após matar, criminoso escreveu “Bia” usando o sangue da própria vítima.

Fotos: Sérgio Costa / Portal BO
Fotos: Sérgio Costa / Portal BO

Raniel Vicente da Silva, de 17 anos, foi assassinado na comunidade de Pingo D’agua, na cidade de Parnamirim, na noite desta segunda-feira (7). O jovem foi morto e arrastado por uma estrada carroçável. Ele era viciado em drogas e já havia sido apreendido com uma motocicleta roubada.

O sargento Clodoado, do 3º Batalhão da Polícia Militar e que comandou o isolamento de local de crime, relatou que o homicídio pode ter sido motivado por uma questão passional. Isso porque a pessoa que matou Raniel Vicente teve uma atitude que chamou atenção da polícia.

Usando o próprio sangue da vítima, ele escreveu o nome Bia na pele de Raniel. O crime foi testemunhado por várias pessoas, mas nenhuma delas quis contar detalhes para a polícia. O pai da vítima relatou para a reportagem que o adolescente usava maconha há três anos.

O pai contou que conversava e pedia para o filho sair do vício. “A mãe dele e eu pedíamos todos os dias para que ele saísse dessa vida, mas ele não atendeu nossos conselhos e acabou desse jeito”, lamentou o homem.

Ainda de acordo com o pai, o jovem estaria em uma boca de fumo acompanhada da namorada e que outro homem chegou ao local, atirou na cabeça da vítima e arrastou Raniel. O pai chegou a dizer também que a namorada poderá ser a próxima vítima, porque também teria envolvimento com drogas.

Fonte: Portal BO

Compartilhar:
    Publicidade