Aécio Neves madruga e divide pão com operário de prédios de luxo

“Bão demais”, disse o candidato a presidente pelo PSDB ao descrever o pão com queijo e o café preto

Ex-governador de Minas Gerais tirou fotos com os trabalhadores e até dividiu seu pão com um dos operários. Foto: Divulgação
Ex-governador de Minas Gerais tirou fotos com os trabalhadores e até dividiu seu pão com um dos operários. Foto: Divulgação

O candidato à Presidência da República pelo PSDB, Aécio Neves, madrugou nesta quinta-feira e visitou as obras do Jardim das Perdizes, um condomínio localizado no bairro da Barra Funda e destinado à classe média alta de São Paulo. Ao entrar no refeitório com centenas de operários e jornalistas, o tucano sentou-se em um banquinho ao lado de líderes de seu partido, comeu pão com queijo e tomou café, conversando com alguns trabalhadores.

O condomínio, com dezenas de torres em construção, possui apartamentos de 79 metros quadrados, a partir de R$ 1,2 milhão; e de 496 metros quadrados, a partir de R$ 2,2 milhões. Já as salas comerciais variam entre 49 metros quadrados e 1,6 mil metros quadrados, com preços não divulgados pela empreiteira.

Ao lado de Aécio, no café da manhã, estavam o candidato ao Senado José Serra, seu vice Aloísio Nunes, o deputado estadual Ramalho da Construção e o governador e candidato à reeleição Geraldo Alckmin. O ex-governador de Minas Gerais tirou fotos com os trabalhadores e até dividiu seu pão com um dos operários, que aproveitou para tirar uma foto com o candidato. “Bão demais”, disse Aécio ao descrever o pão com queijo e o café preto.

Ao sair do refeitório – onde ficou por cerca de 30 minutos – o tucano cumprimentou alguns eleitores e tirou fotos. Em seguida, Aécio conversou com jornalistas e logo depois subiu em um caminhão de som para falar aos trabalhadores. O candidato tucano voltou a falar sobre a proposta de garantir o “reajuste real do salário mínimo” e a correção da tabela do imposto de renda.

“Queremos garantir a continuidade do reajuste real do salário mínimo e nossos compromissos com a correção da tabela do imposto de renda. Queremos reiterar nosso compromisso com os aposentados de buscar o reajuste real de suas aposentadorias e, principalmente garantir a retomada do crescimento da economia brasileira. Somente isso dará ao trabalhador tranquilidade em relação ao seu futuro e melhores condições salariais”, afirmou Aécio.

O candidato do PSDB criticou também o aumento da inflação e o baixo crescimento da economia brasileira. “Nós, que acabamos com a inflação, temos autoridade para dizer que isso é tolerância zero. Economia que não cresce não gera empregos. Dados mostram que tivemos o pior mês de julho de trabalho com carteira assinada deste século. O atual governo perdeu a capacidade de gerar as expectativas necessárias de crescimento da nossa economia. Está na hora de um novo ciclo de governo, responsável, experiente e ousado”.

De acordo com a pesquisa Ibope da última terça-feira, Aécio caiu para o terceiro lugar nas intenções de voto, atrás de Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PSB). Porém, de acordo com o tucano, a “pesquisa que vale é a do dia 5 de outubro”, data do primeiro turno da eleição.

“Existem três alternativas que têm que ser respeitadas. A primeira é continuando o que está ai, de um governo que fracassou na condução da economia, gestão no estado e melhoria social. A saúde piora, educação não melhora. Temos outra alternativa que surge agora que terá oportunidade de mostrar suas propostas e dizer o que pretende fazer e com que fazer. E tem nossa alternativa, um caminho seguro e discutido em profundidade. Uma mudança consistente. Para mudar é preciso ter ideias, mas é preciso transformar isso em melhoria para saúde, educação, mobilidade e segurança pública”, completou.

Após falar com jornalistas e trabalhadores, quando Aécio se dirigia ao carro para deixar o local, recebeu uma ligação de Joseph Meyer Nigri, presidente da Tecnisa, responsável pela obra na Barra Funda. O empresário agradeceu a presença do tucano em uma rápida conversa por telefone.

Fonte: Terra

Compartilhar: