Aeroporto de São Gonçalo do Amarante só começa a operar dia 22 de maio

O prazo limite para o início das operações do novo aeroporto, que inicialmente foi pensado para 15 de abril, foi transferido para 10 de maio e postergado novamente para o dia 22

67I87I45URTU6I56

A Secretaria de Aviação Civil (SAC) da Presidência da República anunciou uma nova data para o início das operações do novo terminal aéreo do Rio Grande do Norte. Em função da necessidade da transferência do sistema de operação das companhias aéreas do Aeroporto Augusto Severo, em Parnamirim, para o Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, o novo terminal será inaugurado no dia 10 de maio, mas só entrará em operação a partir do dia 22 do mesmo mês.

A nova data foi definida na tarde de ontem, durante reunião realizada entre o ministro da Aviação Civil, Moreira Franco, representantes do Consórcio Inframérica – responsável pela construção e administração do aeroporto de São Gonçalo – e membros das companhias aéreas TAM, GOL, Avianca, Azul e TAP.

De acordo com a SAC, os espaços físicos, instalações de água e esgoto, cabeamento de tecnologia da informação (TI) e energia elétrica do novo aeroporto estão prontos para receber as estruturas das empresas aéreas e iniciar o processo de transferência das operações. Entretanto, a infraestrutura de tecnologia da informação só será entregue as companhias no dia 30 de abril.

O prazo limite para o início das operações do novo aeroporto, que inicialmente foi pensado para 15 de abril, foi transferido para 10 de maio e postergado novamente para o dia 22. Após a reunião de definição do cronograma de transferência das estruturas das companhias aéreas, o ministro Moreira Franco declarou que a nova data para o início das operações do novo terminal no RN foi definida como medida de segurança.

O Aeroporto de São Gonçalo do Amarante passará a receber os voos destinados para o Aeroporto Internacional Augusto Severo, em Parnamirim, após a finalização dos trabalhos no setor de infraestrutura de tecnologia da informação e da homologação do aeroporto.

A partir do dia 1º de maio, as empresas que irão operar no aeroporto deverão realizar as instalações dos sistemas e equipamentos próprios, além de fazer todos os testes no terminal de passageiros. Em 19 de maio, três dias antes do início da operação, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) deverá homologar o funcionamento do novo terminal.

Compartilhar:
    Publicidade