AFASTAMENTO – Túlio Lemos

O deputado estadual Gilson Moura foi afastado do mandato por decisão da Justiça Federal. Moura é acusado de envolvimento em…

O deputado estadual Gilson Moura foi afastado do mandato por decisão da Justiça Federal. Moura é acusado de envolvimento em esquema de corrupção no IPEM, protagonizado por seu ex-amigo Richardson Macedo. Porém, apesar do afastamento, o deputado continua candidato, pois não foi condenado por órgão colegiado e está plenamente elegível.

COPA

O PT vive momentos de instabilidade em relação a utilização política da Copa do Mundo. Quando havia críticas e o astral da população era de revolta, a turma do PT tratava de tentar separar as coisas; quando o humor do brasileiro muda para melhor, tratam de dizer que tudo foi feito por Dilma.

ELEIÇÃO

O fato é que, se o Brasil vencer a Copa o conquistar o hexa, a popularidade da presidente Dilma subirá automaticamente; será criada uma atmosfera de satisfação e de alegria que poderá ser usada pelo PT na eleição. Mas a situação inversa não é automática. Caso o Brasil não seja campeão, haverá um clima negativo, mas insuficiente para perdurar até a eleição.

FORÇA

O Ceará conseguiu dois jogos da Seleção Brasileira; no RN não houve nenhum. Onde estão as forças políticas do Estado que viabilizaram uma partida da canarinho em solo potiguar?

REFORÇO

O líder do prefeito Carlos Eduardo já tem seu candidato a deputado estadual definido. Será o pai do prefeito, Agnelo Alves, do PDT. Júlio Protásio aceitou o pedido do gestor esta semana. Com isso, o parlamentar conta com o apoio de três vereadores na Câmara Municipal de Natal. Além de Júlio, também fechou parceria com Agnelo, os vereadores Felipe Alves e Raniere Barbosa.

INTERIOR

As disputas locais estão inviabilizando alguns apoios para candidaturas majoritárias. Compartilhar o mesmo palanque com seu adversário na eleição para governador, poderá desgastar o futuro candidato a prefeito. Ou seja: se aliar com adversário hoje, poderá comprometer a imagem para amanhã.

ACORDÃO

A coluna recebeu e-mail de Jorge Célio Silva Jr.: “Sr. Tulio nunca presenciei uma “aliança” tão falsa como essa de Henrique Alves e Vilma Faria. Já circula nas redes sociais gravações o que um dizia do outro e não é chamando de antipático ou feio não, são adjetivos que ferem a honra de uma pessoa de bem. Entre muitas cito: Em 2002 Vilma dizia que iria combater os cacique poderosos e Henrique era um deles e agora? Henrique disse em discurso no América que Vilma era a maior traidora do RN que prometeu em 2000 que iria lhe apoiar quando o PMDB o apoiou e e em 2006 que nunca se viu tanto escandalos como o governo de Vilma e que era filho, genro e que ele falava em fatos policiais. E agora?”.

PASSADO

Segue o e-mail do leitor: “Minha gente, está tudo gravado. Sr. Tulio temos vários exemplos de que mega estruturas foram derrotadas e quando não tinha redes sociais e o voto livre dos 16 anos. Eu tenho dois twiters e dois faces com quatro mil seguidores cada um e vejo a realidade, anotem. Vai dar Robson Faria e Fátima Bezerra e eu sou apolitico, só nao admito e falta de carater e anotem. Fizeram Rosalba de vitima e o troco vem a galope, governo é governo e ela não pode nem ganhar e nem perder pois cassaram seu direito, mas nos bastidores ela pode simplesmente derrotar”.

ASSU

Um exemplo dessa situação é em Assu, onde o prefeito Ivan Jr. é adversário do deputado George Soares e do pai dele, ex-deputado Ronaldo Soares. Ivan e George no mesmo palanque vai criar problemas para ambos. A disputa local vai definir de que lado cada um estará.

Compartilhar:
    Publicidade