Agentes do RN e PB prendem quadrilha de roubo, receptação e adulteração de carros

Segundo o delegado da Deprov, Atanásio Gomes, a ação integrada entre as polícias foi fundamental para a desarticulação dessa quadrilha

65U56U56U554U757373

As Polícias Civil do Rio Grande do Norte e da Paraíba deflagraram na madrugada dessa quinta-feira (29/05), em Natal e região metropolitana, uma operação Conjunta denominada “Vale da Justiça”, com o objetivo de prender uma quadrilha interestadual especializada em roubo, receptação e adulteração de veículos. A ação contou com a participação do Núcleo de Inteligência da Polícia Civil do RN juntamente com a equipe da Delegacia Especializada em Defesa e Propriedade de Cargas e Veículos (Deprov). No total foram presas oito pessoas, além da apreensão de arma, drogas e veículos.

Ao todo foram cumpridos sete mandados de prisão e seis mandados de busca e apreensão expedidos pela 1ª Vara da Comarca de Mamanguape-PB. As prisões aconteceram nas cidades de Natal, Parnamirim-RN e São José de Mipibu-RN. Segundo o delegado da Paraíba, Marcos Paulo Sales, as investigações se iniciaram há três meses pela Polícia Civil paraibana após uma ocorrência de roubo a veículos na localidade do Vale do Mamanguape.

“Essa investigação começou após um assalto que aconteceu no último dia 22 de fevereiro no sítio Uruba, que fica situado no município de Mataraca, na Paraíba. As vítimas foram dois natalenses que tinham uma propriedade naquele lugar e os bandidos levaram dois veículos, pertences e valores em dinheiro”, explicou o delegado Marcos Sales.

Após a identificação dos integrantes da quadrilha, que tinham residência no Rio Grande do Norte, foi pedido o apoio da Polícia Civil deste estado. “Além dos roubos a veículos, os criminosos também faziam os serviços de clonagem desses carros e vendiam a preços abaixo do mercado. Eles também atuavam no comércio de drogas como uma atividade paralela”, detalhou ainda o delegado. Os acusados também faziam o pagamento de drogas com os veículos roubados e ofereciam a terceiros serviços de clonagem de carros.

Os presos foram identificados como sendo Antonio Eduardo Bezerra de Melo, 59 anos, Erinaldo Medeiros dos Santos, Leandro Rodrigues da Silva, 22 anos, Luiz Gomes da Silva, vulgo “Gordo”, considerado líder do bando, de 43 anos, Claudineide Marcelino da Silva, 36 anos, Rafael da Costa Silva, Érika Dantas e Luiz Gomes da Silva Júnior, 27 anos, este último conduzido em flagrante por porte ilegal de arma, tráfico de drogas, receptação e adulteração de veículos. Todos os presos são do Rio Grande do Norte e praticavam assaltos a veículos no estado da Paraíba.

Com a quadrilha foram apreendidas uma pistola ponto quarenta de uso restrito, a quantia de R$ 7.500 em espécie, documentos em branco do DETRAN-PB, três tabletes de crack, dois veículos roubados, sendo um Ford Fiesta, cor Cinza, com placa fria, e um carro tipo Chery Tiggo, além de outros objetos como celulares e notebook.

TRU56U56U5U

Segundo o delegado da Deprov, Atanásio Gomes, a ação integrada entre as polícias foi fundamental para a desarticulação dessa quadrilha. “Nós colaboramos com a investigação e demos apoio na operação cumprida com êxito pelas duas polícias. Esperamos continuar com essa parceira não só com a polícia da Paraíba, mas de estados vizinhos, com foco no combate ao crime”, concluiu.

A operação contou com o apoio da Diretoria de Policiamento de Natal e Grande Natal (DPGRAN) e participação das equipes da Superintendência Regional de Polícia Civil (SRPC-PB) comandados pelo delegado Wagner Gusmão Durta e os Bel. Sterferson Nogueira da 7ª seccional de PC de Mamanguape-PB e os delegados da DP de Mamanguape-PB, Thiago Cavalcante dos Anjos e Marcos Sales de Castro.

Compartilhar:
    Publicidade