Agnelo desconhece compromisso de Carlos Eduardo com Wilma ou Robinson

Alex Viana Repórter de Política O deputado estadual Agnelo Alves (PDT) disse na manhã desta sexta-feira desconhecer qualquer compromisso político…

"Ele não me falou sobre este assunto. Nunca falou a mim.". Afirmou Agnelo Alves.
“Ele não me falou sobre este assunto. Nunca falou a mim.”. Afirmou Agnelo Alves.

Alex Viana
Repórter de Política

O deputado estadual Agnelo Alves (PDT) disse na manhã desta sexta-feira desconhecer qualquer compromisso político do prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), com candidaturas ao governo do Estado para as eleições de 2014. “Ele não me falou sobre este assunto”, disse o deputado, ressaltando, entretanto, que “qualquer um” poderá ter o apoio do pedetista, desde que seja um nome em que ele realmente confie. “Ele não me falou sobre este assunto. Nunca falou a mim. Mas acho que o compromisso de candidato com ele é ser um bom governador para o RN. Pode ser qualquer um em que ele realmente ele confie. Ou governadora”.

Nesta quinta-feira a ex-governadora Wilma de Faria, presidente estadual do PSB, revelou esperar contar com o apoio de Carlos Eduardo em eventual candidatura majoritária dela, especialmente se for ao governo do Estado. Ela disse que está conversando com vários partidos, como PC do B, PDT e PSD, e que espera contar com o apoio do PDT ao seu nome, em caso de ser candidata. “Nós vamos conversar com Carlos Eduardo. Pelo menos estou convencida que conto com o apoio dele. Porque foi esse o compromisso que nós assumimos quando vim para apoiá-lo. Estamos todos juntos. Ele faz oposição (estadual) também”, afirmou ela.

Indagado sobre a existência desse compromisso, o ex-prefeito de Parnamirim Agnelo Alves não negou, nem confirmou. Apenas disse que Carlos Eduardo nunca lhe falou a respeito. “Ele não me falou sobre esse assunto. Não sei (se existe esse compromisso). Apenas digo que ele nunca me falou sobre este assunto”, disse o parlamentar estadual.

A declaração de Wilma de Faria causou certo impacto pelo ineditismo e por interessar ao vice-governador Robinson Faria (PSD), que também teria recebido a possibilidade de apoio de Carlos Eduardo, em eventual disputa pelo governo do Estado. Robinson é aliado de primeira hora do prefeito Carlos Eduardo, mas não desponta bem nas pesquisas de opinião até agora. Diferentemente de Wilma, que hoje lidera a corrida sucessória, em empate técnico com o ministro da Previdência, Garibaldi Filho (PMDB).

CANDIDATURA

Porquanto não confirme apoio a candidaturas de terceiros, o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, segue sendo especulado como um bom nome para a sucessão da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) em 2014. Apesar disso, o deputado Agnelo Alves considera a lembrança ao nome de Carlos para o governo como mera especulação. “Acho que ele não está pensando nisso. Mera especulação. Tem tanto o que fazer em Natal… Acho que não está na hora de pensar nisso”.

Instado a falar sobre a hipótese do prefeito de Natal assumir uma candidatura ao governo, renunciando à Prefeitura de Natal em março que vem, Agnelo disse que “a oportunidade não é boa” nesse sentido. “Acho que a oportunidade não é boa”. Para o pedetista, a pedida é Carlos Eduardo cumprir bem o mandato de prefeito, numa gestão que está sendo bem avaliada pela população.

“A oportunidade dele é cumprir o mandato de prefeito. Ele pediu voto de prefeito e o povo concedeu e está aprovando a administração dele. Portanto, não tem porque pensar noutra coisa. É cumprir com o que prometeu. Ele não está pensando em outra coisa”, disse Agnelo.

 

Compartilhar: