Agripino critica correria do governo para aprovar o Marco Civil da Internet

O parlamentar fez questão de ressaltar que é a favor do disciplinamento do uso da internet, mas reclamou da correria para discussões e votações do texto na Casa

Senador José Agripino. Foto: Divulgação
Senador José Agripino. Foto: Divulgação

O presidente do Democratas, senador José Agripino (RN), defendeu nesta terça-feira (22) na Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ) o aperfeiçoamento do texto do Marco Civil da Internet, que regulamenta o setor. O parlamentar fez questão de ressaltar que é a favor do disciplinamento do uso da internet, mas reclamou da correria para discussões e votações do texto na Casa. “É uma tradição do Senado sempre melhorar os textos, sem exceção, e, para isso, há a clara necessidade de tempo. A Câmara passou três anos discutindo o tema. Querem agora que, em uma semana, o Senado vote? É, no mínimo, um desrespeito com a Casa”, lamenta o líder do DEM.

Para Agripino, “o governo quer apresentar o Marco Civil da Internet como troféu em um evento internacional” e por isso, tem colocado a bancada governista de plantão para apressar as votações. O parlamentar fez referência a presença da presidente Dilma Rousseff na Conferência NetMundial – que discutirá um novo modelo de governança para a web no mundo. O evento acontece em São Paulo de 23 a 24 de abril, quando a presidente quer chegar já com o projeto aprovado, em uma tentativa de mostrar que o país avançou no setor.

Compartilhar: