Além de chamar de ‘podre’, texto em rede social ataca família de Spider

Anderson Silva registra boletim de ocorrência contra mulher por crime de injúria publicado no Facebook

Anderson Silva teria sido chamado de 'podre' e texto ameaça sua família. Foto:Divulgação
Anderson Silva teria sido chamado de ‘podre’ e texto ameaça sua família. Foto:Divulgação

As ofensas a Anderson Silva, que geraram a abertura de um processo  criminal, em Curitiba, vão além de chamar o lutador do “podre”. O texto ataca  a família e também ameaça Spider.

A reportagem teve acesso ao conteúdo publicado no Facebook e constatou que as agressões falam em “a tua hora vai chegar”, entre outras citações.

“Tudo faxadaaaaa,pode fazer o que quiser pelas minhas costas,mais o Brasil vai saber quem e o ídolo,o podre que vc e,só me espera que o que e teu ta vindo seu podre, e só para constar é um de cada maeeeeee,essa família unida não existe” (sic).

A autora é uma mulher de aproximadamente 40 anos, que reside em Pinhais (região metropolitana de Curitiba). A delegacia da cidade ja registrou a ocorrência e procura a autora da mensagem para prestar esclarecimentos. Apesar de ter nascido em São Paulo, a residência oficial de Anderson Silva é na capital paranaense, onde ele deu os primeiros passos no mundo da luta.

Como o boletim de ocorrência está bem documentado, a tendência é que o processo seja encaminhado para a Justiça. A pena prevista para injúria é detenção de um a seis meses ou multa. A advogada de Anderson Silva foi procurada, mas não atendeu as ligações durante a manhã e início da tarde desta terça-feira.

Fonte:Globo

Compartilhar:
    Publicidade