Alex não bate pênalti e só consegue sair do Maracanã de cadeira de rodas

Falta não marcada no jogador teria originado o terceiro gol do Flamengo

Alex, com dores lombares, não foi relacionado para as cobranças de pênaltis. Foto: Divulgação
Alex, com dores lombares, não foi relacionado para as cobranças de pênaltis. Foto: Divulgação

Um fato que chamou atenção na derrota do Coritiba para o Flamengo por 3 a 0 no tempo normal, e por 3 a 2 nas penalidades máximas, foi a ausência de Alex na lista do time paranaense na hora das cobranças.

O atleta, que entrou no decorrer do segundo tempo, quando a partida estava com vantagem de dois gols para a equipe carioca, não foi relacionado pelo técnico Marquinhos Santos na hora da decisão. O motivo: dores nas costas.

No lance do terceiro gol do Flamengo, o camisa 10 levou uma pancada na região lombar do zagueiro Chicão. O juiz nada marcou e a jogada originou o contra-ataque que acabou na conclusão de Eduardo da Silva.

Depois de assistir a eliminação, Alex teve de ir do vestiário do Maracanã até o ônibus do clube de cadeiras de rodas. Para entrar no veículo, o meio-campista precisou de muletas e ajuda de companheiros.

Nesta quinta-feira, o jogador terá de passar por exames médicos para saber a gravidade da lesão e vira dúvida para o duelo do final de semana, diante do Bahia, em Salvador.

Fonte: Terra

Compartilhar: