Aluna morre após cair em fosso de elevador em prédio abandonado

O corpo da aluna do curso de Letras da Universidade de São Paulo (USP) que morreu após cair em um fosso…

Segundo os amigos de Bruna, a jovem se distanciou do grupo  para procurar um banheiro. Foto:Divulgação
Segundo os amigos de Bruna, a jovem se distanciou do grupo para procurar um banheiro. Foto:Divulgação

O corpo da aluna do curso de Letras da Universidade de São Paulo (USP) que morreu após cair em um fosso de elevador de um prédio abandonado na madrugada de domingo será sepultado nesta segunda em São Bernardo do Campo, segundo o Bom Dia São Paulo. A cerimônia está marcada para as 11h,  no Cemitério Vila Paulicéia.

Bruna Barboza Lino, 19 anos, estava com os amigos no local após ter saído de uma festa na própria Cidade Universitária. Apesar de fechado com portões e cadeados, o prédio – localizado ao lado do Paço das Artes, na entrada principal da USP – é sempre utilizado pelos estudantes como local de encontros e de festas, já que eles entram por um buraco feito na grade.

Segundo os amigos de Bruna, a jovem se distanciou do grupo  para procurar um banheiro. Eles disseram que ouviram um grito e, em seguida, encontraram a estudante caída no buraco. Quando a polícia chegou ao local, a estudante já estava morta.

O prédio onde ocorreu o acidente pertence ao Instituto Butantan, que informou por meio de nota que ele é “cercado por muros e grades”.  Em nota, a USP disse que “lamenta profundamente o falecimento da estudante”.

Fonte:Terra

Compartilhar: