Aluna vende cookies de maconha em escola e cinco passam mal

Cinco alunos ficaram doentes depois de comer o biscoito

Cookies eram feitos com maconha e vendidos durante o horário do intervalo. Foto: Divulgação
Cookies eram feitos com maconha e vendidos durante o horário do intervalo. Foto: Divulgação

Uma estudante de 17 anos foi presa por supostamente vender cookies feitos com maconha em uma escola de ensino médio da Califórnia, nos Estados Unidos. Cinco alunos ficaram doentes depois de comer o biscoito. As informações são do Sky News.

Segundo a publicação, além de vender os cookies por US$ 3 (cerca de R$ 7) cada, a estudante fazia uma promoção e vendia dois por US$ 5 (cerca de R$ 11). Os biscoitos eram vendidos durante o horário do intervalo.

Os estudantes que passaram mal tinham idade entre 14 e 16 anos. Dois deles foram levados ao hospital em estado grave. Um já foi tratado e teve alta, mas o outro continua em observação.

A estudante, presa por suspeita de venda de drogas e abuso infantil, foi levada para um centro de detenção juvenil e a escola prometeu expulsá-la, caso as suspeitas sejam confirmadas.

O uso de maconha na Califórnia é permitido apenas para fins médicos.

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade