América pode perder por até 2 gols para o Atlético-PR, na Arena da baixada

O grande lance do Mecão é segurar a vantagem e esperar o apito final

Foto: José Aldenir
Foto: José Aldenir

O América enfrenta hoje o Atlético-PR, às 19h30, pelo jogo da volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Como venceu o primeiro jogo por 3 a 0, o alvirrubro pode perder por até dois gols de diferença que garante a classificação inédita. Além da vantagem, o técnico Oliveira Canindé irá contar com os reforços do meia Arthur Maia e do volante Jean Cléber, que foram relacionados para a partida.

Depois de quase dois meses tratanto de uma fascite plantar, Maia volta ao grupo, mas não deve sair jogando, justamente pela falta de ritmo de jogo. O mesmo vale para Jean que recuperou-se de uma fratura no ombro. Em compensação, Max e Rodrigo Pimpão, reconciliados, estarão em campo formando o ataque mais positivo da temporada 2014. Isac, que chegou a ter a sua rescisão anunciada pela diretoria, é outra novidade entre os convocados.

Com tantos jogadores à disposição, o técnico Oliveira Canindé só tem uma preocupação: conter o excesso de vaidade e jogar coletivamente. “Chegamos aqui graças ao coletivo, esse negócio de vaidade não existe aqui e vamos em busca de mais um resultado positivo, temos que saber administrar essa vantagem e conquistar a classificação, só vai depender da gente”, disse o treinador que citou o exemplo do Fluminense.

“Veja o que aconteceu com o Fluminense. Eles e nós somos o exemplo de que se tiver cuidado, a vantagem pode não significar nada, por isso temos que jogar sério os 90 minutos e não se descuidar”, avisou Canindé que não vai poder com os atletas que já disputaram a Copa do Brasil, casos de Roberto Dias, Wanderson e Daniel Costa.

FURACÃO VOLTA A JOGAR EM CASA DEPOIS DE TRÊS ANOS

O Atlético-PR volta a jogar em casa depois de três anos. O estádio Arena da Baixada havia sido fechado para reformas da Copa do Mundo e desde então o time iniciou uma peregrinação por vários gramados, como o Ecoestádio, Gigante do Itibere, em Paranaguá, e Durival de Britto, entre tantos outros, durante as disputas da Série B, Brasileirão, Copa do Brasil e Paranaense. O Atlético-PR ainda foi obrigado a adiar o retorno para casa por conta de punições do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), quando pegou nove jogos de punção por causa da briga entre torcedores do clube e do Vasco. Foram cinco longe de casa e outros quatro com os portões fechados. Ainda sob o comando do técnico interino Leandro Ávila, o rubro-negro tem três desfalques certos para a partida: O meia Bady, o atacante Douglas Coutinho e o zagueiro Léo Pereira. O primeiro já disputou a Copa do Brasil pelo São Bernardo, enquanto o segundo e o terceiro estão no Catar com a Seleção Brasileira Sub-21.

CLASSIFICADO, ABC AGUARDA PELO CRUZEIRO

Ontem, na Arena das Dunas, diante de 28 mil torcedores, o ABC venceu o Vasco por 2 a 1 garantindo sua classificação às quartas de final da Copa do Brasil. Com gols de Madson e Marlon, o time somou no agregado de gols 3 a 2 contra os cariocas, já que o primeiro jogo o placar foi de 1 a 1. Agora, o alvinegro vai encarar o vencedor de Cruzeiro e Santa Rita que jogam hoje, no interior de Alagoas. Como os mineiros venceram o primeiro jogo por 5 a 0, dificilmente deixarão escapar a classificação. O sorteio para a definição dos mandos de campo das quartas de final da Copa do Brasil será na próxima sexta-feira, 5 de setembro, às 14h, no auditório da sede da CBF.

O técnico Zé Teodoro retoma hoje à tarde os treinamentos com o grupo. O objetivo agora é preparar-se para o jogo contra o Santa Cruz-PE, no próximo sábado, na Arena das Dunas, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Sem vencer há duas partidas, o time precisa reencontrar o caminho das vitórias para deixar as últimas posições. Atualmente, o ABC ocupa o 14º lugar, com 24 pontos.

Compartilhar: