América quer se despedir do Arena das Dunas fazendo parte do G4

Na Copa do Nordeste, os dois times fizeram uma semifinal emocionante

Foto: Diuvlgação
Foto: Diuvlgação

O América se despede temporariamente da Arena das Dunas, nesta terça-feira, já que a partir de quarta-feira o estádio passa para as mãos da Fifa. E neste último jogo no local, o clube potiguar vai encontrar seu algoz da Copa do Nordeste, o Ceará, nesta terça-feira, às 21h50, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Na Copa do Nordeste, os dois times fizeram uma semifinal emocionante. Após o Vozão golear, por 4 a 0, no Castelão, o Mecão conseguiu uma grande reação. Na volta, nesta mesma Arena das Dunas, o time potiguar pressionou, mas a vitória por 2 a 0 não foi suficiente para levá-lo à final, onde os cearenses seriam batidos pelo Sport.

Nesta Série B, os dois times fazem campanhas semelhantes. Ainda vivendo altos e baixos, o América ocupa a sétima posição, com sete pontos, após a vitória sobre a Portuguesa, por 2 a 1. Já o Ceará vem de empate com o Avaí, por 1 a 1, e está na quinta posição, com oito pontos.

Boas e a má!

O técnico Oliveira Canindé está com um saldo positivo no quesito boas e más notícias. O único desfalque que o treinador terá para a partida é o atacante Isac. O jogador deixou o campo contra a Portuguesa com dores na coxa direita. Max continuará na vaga, ao lado de Rodrigo Pimpão.

Por outro lado, serão três os reforços. O meia Arthur Maia, principal destaque do time, se recuperou de uma lesão no pé esquerdo e foi relacionado. Ele disputa vaga com Daniel Costa. Na defesa, o zagueiro Cléber volta de suspensão no lugar de Adalberto. Já o recém-contratado volante Dudu também pode fazer sua estreia.

Mesmo time

Sem desfalques por suspensão ou contusão, o técnico Sérgio Soares poderá manter a mesma escalação das últimas duas partidas, quando o Ceará venceu a Chapecoense pela Copa do Brasil e o Avaí na Série B. Em alta com a torcida, o atacante Bill espera continuar balançando as redes adversárias – foram três gols em dois jogos.

“A torcida tem confiança em mim desde que cheguei e esses três gols são sequência de um bom trabalho que venho fazendo no Ceará, mas ainda estou longe da meta de 40 gols”, afirmou o atacante, lembrando da promessa feita quando foi contratado.

Fonte: Futebol Interior

Compartilhar: