América x ABC – Mistério, título e ressaca são os ingredientes do Clássico Rei

O América ainda está no ritmo da comemoração do título estadual conquistado na quarta-feira

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A torcida do América-RN ainda festeja o título potiguar, conquistado na última quarta-feira sobre o Globo, mas neste sábado, às 16h20, já tem compromisso pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. E não será uma partida qualquer. O América enfrenta o rival ABC, em mais um Clássico Rei na Arena das Dunas, em Natal.

A aposta do ABC é que o seu adversário esteja de ressaca da comemoração do título. Vivendo boa fase, o time de Zé Teodoro ainda não perdeu nesta Série B, empatando um jogo e vencendo outro, que leva o clube a quatro pontos, entre os primeiros colocados.

Já o América-RN não teve a mesma sorte. O time vem de uma derrota para o Oeste na última rodada e tem três pontos na competição.

O jogo ainda volta do embate sobre as conquistas estaduais de cada time. O ABC é o clube com mais títulos estaduais no país, com 52. Já o América conquistou o seu 33º na última quarta-feira.

Deixa o favoritismo para eles

Apesar do bom momento e do título potiguar, o técnico do América, Oliveira Canindé, jogou o favoritismo no confronto deste sábado para o adversário. Segundo o comandante, o momento do ABC é muito bom e como o time teve mais tempo de treinamento, entra em campo mais preparado.

“O favoritismo maior seria do ABC por estar descansado, e por ter mais tempo para treinar. A última partida deles foi contra o Boa Esporte, e tiveram todo esse período para ajustar o time. Eles têm um treinador experiente e rodado que sabe exatamente o que faz”, disse o técnico do América.

O América-RN tem três desfalques importantes para o Clássico Rei. Os laterais, Wálber, Marcelinho e Thiago Cristian foram vetados pelo Departamento Médico. Em compensação, George Lucas treinou normalmente e vai para o jogo.

Mistério

Apesar de toda a semana de trabalho, o técnico Zé Teodoro não quis confirmar o time que levará a campo neste sábado. Muito provavelmente, Xuxa fará a sua estreia como titular no meio-campo no lugar de João Henrique e Liel ficará com a vaga que era ocupada por Michel Schmoller.

“O time vai ser definido momentos antes do jogo no vestiário. Para os clássicos daqui, a gente costuma deixar o torcedor e a imprensa participarem e não há necessidade de fechar treinamento, mas a formação do ABC nós só vamos conhecer momentos antes da partida”, disse Zé Teodoro.

A maior perda para o Clássico-Rei pode ser o atacante Dênis Marques. Principal contratação para a temporada, o atacante sentiu dores musculares e não participou dos dois últimos treinamentos. Caso ele não atue, Gilmar será escalado.

Fonte: Futebol Interior

Compartilhar:
    Publicidade