American Air Lines é processada por retirar francês de voo por mau cheiro

Jovem francês acusa a American Airlines de discriminação por tê-lo impedido de viajar com a justificativa de que ele "cheirava mal"

rteqyqy

A companhia área norte-americana American Airlines estaria sendo investigada pelo governo francês por ter expulsado um passageiro de um voo porque ele estaria “cheirando mal”. A informação é do site F de Souche.

O francês de 27 anos, chamado Mehdi, teria prestado queixa contra a empresa por discriminação. O caso teria ocorrido no último domingo (24) em um voo que partia de Paris com destino a Dallas, nos Estados Unidos.

De acordo com a publicação, antes de o avião decolar, quando queria ir ao banheiro, o jovem foi “convidado” por um funcionário a se retirar da aeronave porque “a tripulação e os passageiros se queixaram sobre o seu cheiro”. A ação teria sido gravada em vídeo.

“Você está em uma empresa americana, isso é um território americano, o comandante tem o direito de recusá-lo. Você não vai viajar hoje”, teria dito um tripulante ao rapaz, reporta o site. O empregado da American Airlines teria justificado ainda que não era a primeira vez que aquele tipo de problema acontecia e o aconselhado a “tomar um banho”.

Conforme as infomações do F de Souche, Mehdi, que tem origem argelina, não estava mal-vestido ou bêbado, o que poderia “justificar” o caso. Ele considera as alegações de mau cheiro um “pretexto” e alega que até mesmo usou “um perfume da Dior” no free shop, antes de embarcar.

Procurada pelo site francês, a American Airlines teria alegado que o jovem tinha “um problema de visto” e se recusado a comentar “questões individuais sobre seus passageiros”.

 

 

Fonte: Exame

Compartilhar:
    Publicidade