Anderson Silva diz que estuda para ser policial nos EUA: “Vou até o fim”

Irmão e sobrinho de policiais, o lutador brasileiro disse que se espelha em Ronaldo para voltar ao octógono do UFC

Anderson Silva quer ser policial. Foto: Divulgação
Anderson Silva quer ser policial. Foto: Divulgação

Se a continuidade da sua carreira dentro do UFC ainda é colocada em dúvida, o lutador Anderson Silva já sabe o que fazer quando abandonar o octógono. Em entrevista, o brasileiro revelou que está estudando para se tornar policial nos Estados Unidos.

“Todos os meus irmãos são policiais e meu tio também. Já tentei estudar no Brasil, mas desisti e meu tio ficou um mês sem falar comigo. Dessa vez vou até o fim”, disse Anderson Silva, que segue se recuperando de uma fratura que sofreu na perna durante combate contra Chris Weidman, em dezembro de 2013.

Sobre sua recuperação, o lutador de 38 anos de idade disse que o apoio dos amigos tem sido primordial e citou o amigo Ronaldo. “Falo sobre isso com poucas pessoas, como o Ronaldo, que passou por um problema semelhante e é um exemplo de superação para mim”, avaliou Anderson.

Uma possível revanche contra Weidman não está descartada, mas o brasileiro admitiu que isso não é prioridade no momento. Segundo Anderson Silva, de zero a dez, sua perna já está nota nove e que sua vida já praticamente voltou ao normal. Ele só não pode correr e nem pular corda.

“Já fiz tudo o que pretendia fazer dentro do meu esporte. Tenho um título mundial na Inglaterra, um título mundial no Japão, um título no UFC. Quero apenas voltar a lutar porque é o que eu gosto de fazer”, finalizou Anderson Silva, que deve voltar aos combates somente em 2015.

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade