Ano eleitoral deverá reduzir o ritmo da atração de novos parques eólicos

- Notícias que circulam no meio econômico voltado para a exploração do potencial energético renovável brasileiro, especialmente no setor eólico,…

- Notícias que circulam no meio econômico voltado para a exploração do potencial energético renovável brasileiro, especialmente no setor eólico, dão conta de que o Governo Federal, através da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), não deverá realizar nenhum leilão para compra de energia durante o segundo semestre deste ano, em razão de obstáculos interpostos pela nossa legislação eleitoral.

- Com isso, deverá acontecer uma espécie de pausa na corrida pela implantação de novos parques aerogeradores no interior do Rio Grande do Norte, pois apenas aqueles projetos já aprovados nos leilões do ano passado e do semestre atual terão suas obras sequenciadas.

- Diante da comprovada vocação de boa parte do território potiguar para a produção de energia a partir da força e da regularidade dos ventos, essa anunciada paralisação dos leilões da Aneel acaba se constituindo, embora apenas momentaneamente, num fato negativo para nossa economia.

- Resta, agora, esperar que a partir de 2015, com a retomada dos leilões, a onda eólica volte a atrair investimentos para o RN, com o Estado a essa altura já servido pelas linhas de transmissão construídas que a Chesf deveria ter construído e colocado em operação desde 2013.

80 mil agricultores do RN estão pagando ICMS sobre a energia rural, indevidamente

- Desde 1º. de janeiro de 2014 o Governo do Estado, através da Secretaria Estadual de Tributação, determinou que a Cosern (Companhia Energética do Rio Grande do Norte) inclua a cobrança de 17 por cento de ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre o valor das contas de consumo de eletricidade de todos os estabelecimentos rurais.

- Com isso, a governadora Rosalba Ciarlini atropela a legislação que assegura a isenção do referido tributo à energia fornecida às fazendas, sítios e granjas, embora abra aos produtores rurais que se sentirem prejudicados a alternativa de procurarem a Cosern e se recadastrarem como tal, apresentando seus comprovantes de inscrição estadual para, a partir daí, voltarem a gozar do benefício.

- O detalhe é que a suspensão da isenção do ICMS foi determinada sem prévio aviso e, até hoje, passados quase cinco meses da medida, o Governo ainda não fez nenhuma comunicação aos agentes do agronegócio orientando-os sobre como recuperar o direito sobrestado.

- Somente ontem, após uma longa reunião das lideranças do setor agrícola e pecuário do RN com os secretários estaduais da Tributação e da Agricultura, foi que o Governo decidiu reestudar a questão, com a promessa de nos próximos dias anunciar saídas para o impasse.

Lançamento da Expofruit 2014 tem palestra de dirigente do Pão de Açúcar

- Será logo mais às 19:00 horas, no auditório do Sebrae-Mossoró, o lançamento da edição deste ano da Feira Internacional da Fruticultura Tropical Irrigada (Expofruit 2014).

- O evento contará com a presença do gerente-comercial nacional (responsável pelo setor de compras de frutas frescas do Grupo Pão de Açúcar), Renato Luiz Generoso, que fará palestra sobre o “Panorama da Comercialização de Frutas no Brasil”.

- Na mesma ocasião também será feito o lançamento do “Rally do Melão”, prova de regularidade automobilística de caráter regional, programada para os dias 6 e 7 de junho, que percorrerá boa parte da área de produção de frutas da região compreendida pelos municípios de Mossoró e Baraúnas.

- A Expofruit 2014 terá como tema “Venha Conhecer o Precioso Sabor da Nossa Região” e acontecerá entre os dias 24 e 26 de setembro, no Expocenter da Universidade Federal Rural do Semiárido, em Mossoró.

- Segundo o diretor presidente do Coex (Comitê Executivo da Fruticultura do RN, órgão responsável pela promoção da feira), Luiz Roberto Barcelos, um dos objetivos prioritários dessa edição da Expofruit será destacar a conquista de novos mercados no plano internacional, entre eles o Chile e os Estados Unidos.

Armazém Pará marca presença na Equipotel, que abre hoje em Recife

- O grupo natalense Armazém Pará é a única empresa do Rio Grande do Norte que está participando da “Equipotel Nordeste 2014″, considerada a maior feira regional de equipamentos e produtos para o setor da hotelaria, que será aberta logo mais à noite no Centro de Convenções de Pernambuco, em Recife.

- O Armazém Pará ocupará um grande estande na Equipotel, onde apresentará com destaque o trabalho da sua Divisão de LED, com as mais avançadas soluções tecnológicas de iluminação para o mercado corporativo (hotéis, universidades, hospitais, supermercados, indústrias, galpões logísticos, etc.).

- Esse novo setor do Armazém Pará é especializado em distribuir produtos de LED para todos os Estados do Nordeste, na condição de representante exclusiva da indústria Glix LED, com sede na Argentina.

- Além disso, a Divisão de LED da empresa potiguar conta com fornecedores exclusivos na China, o que lhe garante a oferta de produtos com preços mais competitivos e de alta qualidade.

- Segundo o diretor Comercial do Armazém Pará, Marcantoni Gadelha, os produtos de LED se mostram hoje como a melhor alternativa, em razão de sua eficiência e da necessidade que se tem de reduzir o consumo de energia. As lâmpadas LED proporcionam redução de até 80 por cento no consumo e ainda possuem vida útil de 50 mil horas, mantendo os mesmos níveis de iluminação de quando novas.

Senac-RN oferece 629 bolsas de estudos

- Vagas são disponibilizadas pelo Programa Senac de Gratuidade e inscrições ocorrem entre os dias 5 e 12 de maio

- Através do “Programa Senac de Gratuidade” (PSG), o Sistema Fecomércio-RN (que engloba a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte e os Departamentos Regional do Sesc e do Senac), abriu processo seletivo para conceder 629 bolsas de estudos direcionadas para pessoas de baixa renda.

- As inscrições podem ser feitas até o dia 12 deste mês, exclusivamente por meio do site www.rn.senac.br/psg.

- Os cursos de capacitação profissional serão realizados em Natal, Parnamirim, Macaíba, Caicó e Assu. Os interessados em se candidatar a uma das vagas devem possuir renda familiar mensal de até dois salários por pessoa. Ao todo, são oferecidas 17 opções de cursos, em 35 turmas, com vagas nos horários da manhã, tarde e noite.

- Os pré-requisitos para cada qualificação e o quadro de vagas completo podem ser consultados na página do Senac (www.rn.senac.br).

- Por meio do PSG, até abril, a instituição realizou 3.728 mil novas matrículas no Rio Grande do Norte. Até o final de 2014, mais de 10 mil bolsas de estudos serão disponibilizadas, o que representará um investimento superior a R$ 13 milhões.

Compartilhar: