Ano novo e decisivo

O ano de 2014 será decisivo para muitos, e em todos os âmbitos da administração. Desde o momento em que…

O ano de 2014 será decisivo para muitos, e em todos os âmbitos da administração. Desde o momento em que o relógio passou da meia noite do dia primeiro, a governadora Rosalba Ciarlini entrou na sua reta final, a curva decisiva de uma trajetória marcada por muitos acidentes, mas que ainda lhe permitiu chegar viva para a corrida final.

Não há mais conselhos para dar a Rosa. Já está mais do que claro que concluir apenas o estádio da Copa do Mundo e o Aeroporto de São Gonçalo não lhe dará um segundo mandato. Até porque quando as seleções dos cinco continentes estiverem por aqui, as chances de novos protestos nas ruas são grandes e, com eles, também virá o desgaste político aos administradores.

A governadora precisa atender a população nos seus principais anseios, que passam longe de ser no esporte ou na aviação. Ora, o povo potiguar não aguenta mais conviver com o crescimento absurdo da violência, sem que nenhum projeto seja implementado para combater os marginais, hoje donos de uma sociedade praticamente feita de refém dentro de casa.

O mesmo sangramento causado por possíveis manifestações no mundial de futebol devem atingir, em cheio, os planos de reeleição da presidente Dilma Rousseff. Será difícil explicar a prioridade na construção bilionária dos estádios pelo país, deixando em segundo plano eternos problemas brasileiros.

A petista terá alguns meses para torcer pela boa avaliação do seu Mais Médicos, até agora pouco eficaz para a melhoria da saúde pública, e ficar na expectativa que os protestos dos profissionais do nosso país não se reproduzam na queda de votos contabilizados nas urnas.

Por fim, 2014 também será importante para os planos futuros do prefeito Carlos Eduardo. Embora tenha a garantia de um mandato até 2016, o gestor precisa concluir as obras de mobilidade urbana na cidade este ano e, de certa forma, torcer para que todas elas sejam bem avaliadas pela população.

Caso se repitam críticas feitas a, por exemplo, o projeto feito por Carlos na Avenida Bernardo Vieira, o que seriam grandes intervenções no trânsito, podem acabar se transformando em pedras inconvenientes no sapato do prefeito. É aguardar a passagem das horas deste ano novo e decisivo.

 

A HORA É AGORA
O ano decisivo para a carreira política da governadora Rosalba Ciarlini já começou. A gestora tem poucos meses para recuperar todo o desgaste acumulado nos últimos três anos, quando a quantidade de promessas foi bem maior do que de concretizações. Tempo ainda há, e na política não dá para tirar conclusões antes da abertura das urnas. Mas, a situação é complicada.

JOGO DE PACIÊNCIA
A postura adotada pelo prefeito Carlos Eduardo Alves, em negar qualquer possibilidade de se afastar do cargo para disputar o governo, é das mais acertadas. Não precisa nem ser entendido no assunto para imaginar que o chefe do executivo tem tudo para realizar uma grande administração no seu atual mandato, obtendo assim fortes chances de uma reeleição até certo ponto tranquila em 2016.

ACERTO
Aí sim, em 2018, fortalecido pela possibilidade de um bom mandato pelos próximos anos, Carlos Eduardo terá todas as condições de consolidar de vez seu nome entre os principais líderes políticos do Estado, patamar que o mesmo vem buscando há tempos e ainda não conquistou. Pode acabar se transformando em um nome estadual naturalmente. Basta ter paciência.

JUSTIÇA NO INSS
O ministro Garibaldi Alves Filho caminha para confirmar um grande avanço para o país. O projeto do INSS, liderado pelo potiguar Lindolfo Sales, que visa responsabilizar os causadores de acidentes no trânsito pelo pagamento das pensões as vítimas desses desastres além de fazer justiça, pode servir como um grande fator educacional, em um país onde apenas a dor no bolso resolve alguma coisa.

FESTA DE SANTOS REIS
O vereador Luiz Almir será uma das estrelas da Festa de Santos Reis, aberta hoje e com vasta programação até o próximo dia 6. O parlamentar-seresteiro se apresentará no dia 3, ao lado das bandas Rastro de Menina e Grupo Show Moral. A festa está prevista para começar a partir das 19 horas e é gratuita.

PEGA FOGO MOSSORÓ
A expectativa não é nada positiva entre os aliados da prefeita Claudia Regina, sobre a continuidade do seu mandato. Mas, a decisão do TSE, de suspender as eleições suplementares até que todos os recursos sejam julgados, foi a mais correta para o momento. Seria ridículo a segunda maior cidade do Estado correr o risco de ter dois prefeitos, já que Claudia ainda poderia obter alguma vitória em instâncias superiores.

PREVIDÊNCIA
O município de Martins irá receber uma Agência da Previdência Social. A unidade irá proporcionar maior comodidade, conforto e segurança à população daquela cidade, que não precisará se deslocar a outros municípios em busca dos benefícios previdenciários. A empresa TM Construções Ltda foi a vencedora do processo licitatório, apresentando um custo de R$ 999.996,23 e terá o prazo de 10 meses para a conclusão da obra.

TORCIDA
Está confirmado para o próximo dia 12 a abertura do Campeonato Estadual 2014. Mais uma vez, o favoritismo fica para América e ABC. O Alecrim, após notícias nada agradáveis no final do ano passado, tentará mais uma vez surpreender na busca do seu oitavo título potiguar. A esperança é persistente.

 

GIRA MUNDO

Está no Estadão de hoje. O PSDB de Pernambuco divulgou nota nesta segunda-feira, 30, para oficializar a entrada no governo Eduardo Campos (PSB). Os tucanos devem ocupar os cargos que pertenciam ao PTB, que deixou o governo para disputar o comando do Estado ao lado do PT em 2014. O texto destaca ainda que o objetivo das duas siglas é fortalecer a parceria também em outros Estados. “Além de parceiros na gestão de Pernambuco, PSDB e PSB trabalham coligações para as eleições de 2014”, diz a nota.

Compartilhar: