Faustão rebate acusação de racismo: “palhaçada e perda de tempo”

Apresentador disse que o país está perdendo tempo procurando polêmicas aonde não existe

Fausto Silva. Foto: Divulgação
Fausto Silva. Foto: Divulgação

Fausto Silva se defendeu da acusação de racismo que sofreu após um comentário polêmico feito no último programa. Durante a participação da cantora Anitta no palco, ele se referiu ao cabelo da dançarina Arielle Macedo como “cabelo de vassoura de bruxa”.

Entidades anti-racismo, grupos feministas e até defensores dos cabelos cacheados acusaram o apresentador de racista. Arielle chegou a postar um desabafo no Facebook. Afirmou ter se sentido ofendida, mas não fez uma menção direta a Faustão. Pouco depois o post foi apagado.

“Brinquei com o cabelo dela como faço com a Ivi (Pizzott, dançarina do Balé do Faustão), com a minha própria roupa. Ela tinha uma cabelo vermelho e volumoso, disse que parecia vassoura de bruxa. Algumas pessoas começaram a achar que aquilo foi racismo. Não foi. Até porque ninguém mais do que eu fala todo domingo que caráter, competência e talento não tem nada a ver com cor da pele, opção sexual, religiosa ou partido político”, disse Fausto Silva.

“Eu brinco muito com os que trabalham comigo. E aqui trabalham comigo gente da raça negra, há mais da metade da minha carreira. Há mais de 20 anos. Será que estariam se fossem tão desrespeitados? A Mara, a Michael Jackson, vem aqui todo domingo há 25 anos, se fosse desrespeitada, estaria aqui? O Fábio Porchat já até escreveu sobre isso. O País está perdendo a graça por assuntos sérios. Não venham fazer palhaçada com isso”, finalizou.

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade