Após correção, o mensaleiro Zé Dirceu vai pagar quase R$ 1 milhão

Assim que for comunicado oficialmente, o ex-ministro terá dez dias para pagar

Delúbio Soares deixa a CUT, onde trabalha cumprindo pena no regime semiaberto, para voltar ao CPP. Foto: Sérgio Lima/Folhapress
Delúbio Soares deixa a CUT, onde trabalha cumprindo pena no regime semiaberto, para voltar ao CPP. Foto: Sérgio Lima/Folhapress

O ex-ministro José Dirceu terá que pagar quase R$ 1 milhão para quitar a multa imposta pelo STF como parte da condenação no processo do mensalão. O valor atualizado da punição foi divulgado ontem pela Vara de Execuções Penais do Distrito Federal.

Inicialmente, Dirceu foi condenado a pagar 260 dias-multa no valor de dez salários mínimos, o que, de acordo com valores da época da condenação, representava aproximadamente R$ 676 mil. Com as correções, o valor chegou a exatos R$ 971.128,92.

O petista ainda não foi intimado, por isso não há prazo para que ele quite a dívida. Assim que for comunicado oficialmente, o ex-ministro terá dez dias para pagar.

Para arcar com a multa, Dirceu adotará a mesma estratégia de José Genoino e Delúbio Soares, que arrecadaram muito mais do que precisavam por meio de campanhas de doação na internet.

Um site para financiar a multa de Dirceu já está pronto e deverá ser lançado na próxima semana.

O ex-ministro começará a arrecadação contando com uma gorda ajuda. Segundo o coordenador do setor jurídico do PT, Marco Aurélio Carvalho, o excedente do valor arrecadado por Delúbio Soares será doado a Dirceu, descontados os impostos.

Ontem, Delúbio quitou a multa de R$ 466,8 mil. Ele arrecadou R$ 1.013.657,26 ao todo em dez dias. Segundo Carvalho, a defesa dele irá calcular o imposto a ser pago e doará o restante para Dirceu.

“Delúbio entende que quem doou, não doou para ele pessoalmente e, por isso, vai colocar o dinheiro à disposição”, disse Carvalho.

Segundo ele, 1.100 pessoas fizeram doações para o ex-tesoureiro petista. A maioria dos contribuintes é de sindicalistas e advogados, mas uma quantidade expressiva de pessoas sem ligação com o PT também doou. Na avaliação de Carvalho, isso aconteceu porque há uma “percepção de injustiça” na sociedade em relação ao julgamento do mensalão.

Na semana passada, Genoino pagou a multa de R$ 667,5 mil. Na campanha lançada na internet, ele arrecadou R$ 761 mil e, por isso, doou R$ 30 mil para ajudar Delúbio. O ex-presidente do PT já pagou o imposto, que ficou em aproximadamente R$ 40 mil, segundo Carvalho.

Dirceu foi condenado a 7 anos e 11 meses pelo crime de corrupção ativa e, por isso, cumpre pena no regime semiaberto. Ele aguarda autorização da Justiça para trabalhar na biblioteca do escritório de advocacia de José Gerardo Grossi, em Brasília.

 

 

 

Fonte: Folha de SP

Compartilhar:
    Publicidade