Após eliminação na Copa do Brasil, Vasco chega ao Rio sob gritos de ‘vergonha’

Cerca de cinco torcedores esperavam o time no Aeroporto do Galeão. Jogadores passaram sem falar com a imprensa ou torcida

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Em silêncio e sob os gritos de “vergonha”, o elenco cruz-maltino desembarcou na manhã desta quarta-feira, no Galeão. Cerca de cinco torcedores recepcionaram os jogadores e entoaram gritos de “vergonha, time sem vergonha”, “vamos jogar, pô e “não é mole não, mais respeito com a camisa do Vascão”. Os atletas permaneceram quietos e não falaram com a imprensa. Em má fase, o Vasco chega a marca de cinco jogos sem vencer.

Um dos mais cobrados após a eliminação na Copa do Brasil – o time de São Januário foi derrotado por 2 a 1 pelo ABC, na última terça-feira, e deixou a competição nas oitavas de final -, foi o goleiro Diogo Silva. Os torcedores chamavam o arqueiro de frangueiro e pediam a saída do jogador.

Escoltados pela segurança do clube e pela Polícia Militar, jogadores e comissão técnica se dirigiram para o ônibus do Vasco.

Agora, o time segue na busca pelo G4 do Brasileiro da Série B. No sábado, o cruz-maltino vai até Belo Horizonte enfrentar o América-MG, às 16h10, no Independência. Com 33 pontos, o Vasco está na quinta colocação da competição.

Fonte: Lancenet

Compartilhar: