Após promover maior “Festa do Boi” dos últimos anos, Anorc enfrenta dificuldades

* A Associação Norte-rio-grandense de Criadores (Anorc) chega ao final do exercício de 2013 vivenciando uma de suas maiores crises…

* A Associação Norte-rio-grandense de Criadores (Anorc) chega ao final do exercício de 2013 vivenciando uma de suas maiores crises financeiras, em decorrência do descumprimento, pela Secretaria de Planejamento e Finanças do Governo do Estado, do compromisso da governadora Rosalba Ciarlini de repassar à entidade os recursos – da ordem de R$ 380 mil – referentes à contrapartida da Secretaria da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape) para cobrir parte das despesas com a realização da “Festa do Boi 2013″.

- O compromisso da governadora foi assumido publicamente, perante toda a Diretoria da Anorc e na presença de vários secretários de Estado.

Posteriormente, porém, o valor prometido foi rebaixado por um auxiliar do Governo para R$ 230 mil, sob a alegação de falta de recursos no erário.

Apesar disso, passados quase dois meses do encerramento da maior exposição agropecuária do Rio Grande do Norte, o dinheiro não foi liberado nem há qualquer previsão de quando será.

- Para promover a “Festa do Boi” deste ano, que atraiu para o Parque Aristófanes Fernandes mais de 5 mil animais (entre bovinos, equinos, caprinos e ovinos, muitos deles trazidos de outras regiões do país), e que gerou negócios superiores a R$ 100 milhões, a Anorc projetava investir cerca de R$ 900 mil, custo que acabou superado em cerca de  30 por cento em razão de gastos extraordinários com obras exigidas pelo Corpo de Bombeiros para poder liberar o local do evento.

- Esses custos deveriam ser cobertos com a arrecadação de quotas de patrocínio rateadas entre o Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Caixa Econômica Federal, Sebrae/RN, Petrobrás, Cervejaria Schin, e mais o resultado da venda de espaços para estandes, quiosques, parque de diversão, além da terceirização dos shows musicais, áreas de estacionamento e bilheterias.

- Entretanto, das quotas de patrocínio previstas, frustraram-se as que adviriam do Banco do Brasil, da Petrobrás e da Cervejaria Schin, parceiros tradicionais do evento que, este ano, alegando dificuldades, negaram seu apoio. Isto ocasionou perda financeira superior a R$ 200 mil.

- Mesmo assim, com a expectativa de que o Governo do Estado viesse a honrar o compromisso pessoal da governadora, a Diretoria da Anorc confiava que as despesas seriam cobertas e que ainda sobraria alguma reserva de recursos para que a entidade pudesse dar sequência ao seu trabalho de manter, conservar e melhorar o Parque Aristófanes Fernandes (bem imóvel que integra o Patrimônio Público Estadual, cedido à Associação em regime de comodato desde 1989) o que implica em gastos mensais de aproximadamente R$ 40 mil, ou seja, quase R$ 500 mil por ano.

- Passada a “Festa do Boi” e antevendo-se a possibilidade de desequilíbrio no orçamento da Anorc para o exercício de 2014, eis que a Diretoria da entidade foi procurada pela empresa Destaque Promoções, interessada em realizar no interior do Parque Aristófanes Fernandes a edição deste ano do Carnatal, evento que não poderia mais acontecer no entorno do antigo estádio Machadão, demolido para dar lugar ao Arena das Dunas, palco de jogos da próxima Copa do Mundo.

- Após as primeiras conversas e diante de garantias contratuais de que o Parque seria devolvido à Anorc em perfeitas condições, a Diretoria da Associação, por unanimidade, concordou com a ideia da locação, o que geraria uma receita extraordinária superior a R$ 300 mil, suficiente para assegurar tranquilidade financeira que estava em risco.

- Mas antes que se concretizasse a operação, eis que o Ministério Público Estadual, através da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público da Comarca de Parnamirim, decidiu ingressar na justiça com uma ação requerendo a anulação do convênio em vigor, celebrado entre o Governo do Estado e a Anorc, através do qual o Parque de Exposições é cedido a esta entidade, em regime de comodato.

- O Ministério Público ainda requeria que a justiça determinasse a imediata devolução do bem público à Secretaria Estadual da Agricultura, sob alegação de que a Anorc estaria, graças a este convênio, obtendo vantagens financeiras indevidas.

- Diante desse fato, a Diretoria da Anorc imediatamente desistiu de dar continuidade a qualquer entendimento com a Destaque Promoções, encaminhando o assunto para a esfera administrativa do Governo a fim de que a decisão sobre o aluguel do imóvel para o Carnatal ficasse a cargo do seu legítimo proprietário.

- Esta, pois, é a realidade dos fatos. Coube ao Governo realizar os acertos com a Destaque e nenhum centavo do valor ajustado para o aluguel do Parque foi repassado para a Anorc.

- A Associação, que há quase 60 anos vem cumprindo com empenho sua missão de lutar pelo desenvolvimento das atividades agropecuárias no Rio Grande do Norte, e cujos dirigentes não auferem qualquer tipo de remuneração pelo serviço que prestam voluntariamente a ela, chega infelizmente ao fim de 2014 sufocada por compromissos financeiros inadiáveis.

- A falta da contrapartida do Poder Público é o que dá causa a essa situação. Mas existe a esperança de que os problemas haverão de ser superados muito em breve.

 

Faern confere medalhas do ‘Mérito Rural Moacyr Duarte’

- A Federação da Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Norte (Faern) realizou ontem à noite em Natal, no Espaço Guinza, o seu jantar de confraternização de final de ano, ocasião que também serviu também para mais dois importantes eventos: a entrega de medalhas do “Mérito Rural Senador Moacyr Duarte” a três personalidades com serviços prestados ao agronegócio; e a palestra do ex-ministro da Previdência Social, Roberto Brant, sobre perspectivas da agropecuária brasileira para os próximos anos.

- A solenidade foi aberta com uma prestação de contas do presidente da Faern, José Álvares Vieira, onde ele mostrou que, apesar da seca que castiga o Nordeste nos últimos dois anos, a entidade representativa da classe dos produtores rurais potiguares tem conseguido contribuir para o desenvolvimento da nossa economia primária.

- Em seguida foram anunciados os nomes dos homenageados com a comenda do “Mérito Rural Senador Moacyr Duarte” este ano: o agrônomo e professor universitário Fernando Nobre Viana; o empresário rural e diretor da Sant’Ana Sementes, Ivanilson Araújo; e a ex-governadora Wilma de Faria.

Orlando Procópio retorna de congresso nos EUA

- O médico veterinário e ex-superintendente federal da Agricultura no Rio Grande do Norte, Orlando Procópio, retornou esta semana dos Estados Unidos onde participou do 59º. Congresso Anual da AAEP (American Association of Equine Practitioners), na cidade de Nashville (Tennessee).
nReconhecido pelos proprietários de haras do Estado como um dos mais experientes especialistas em doenças que afetam os equinos, Orlando teve a oportunidade de rever durante a semana que passou no congresso da AAEP dezenas de colegas com os quais conviveu durante os cursos de pós-graduação que teve oportunidade de fazer nos Estados Unidos.

Compartilhar: