Após trazer Romero, Corinthians vai atrás de Marcelo, do Atlético-PR

Diretoria alvinegra acabou de anunciar o atacante paraguaio, mas ainda tenta reforçar o setor ofensivo. Empresário Giuliano Bertolucci ajuda nas conversas com o Furacão

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Corinthians anunciou na última quinta-feira a contratação do paraguaio Ángel Romero, mas os reforços para o ataque no segundo semestre de 2014 podem não parar por aí. A bola da vez é Marcelo, de 22 anos, do Atlético-PR.

Conversas entre os clubes foram intensificadas para um desfecho durante a Copa do Mundo. O empresário Giuliano Bertolucci faz a intermediação da negociação.

Assim como no caso de Romero, a contratação de Marcelo seria feita com a ajuda de um investidor. No início do ano, o presidente do Atlético-PR, Mário Celso Petraglia, era irredutível e para negociá-lo exigia 10 milhões de euros (cerca de R$ 30 milhões). Na metade de janeiro, ele acertou a renovação de contrato até o fim de 2016. Porém, a situação mudou…

Após o insucesso do clube e uma atuação apagada de Marcelo na Libertadores, o Furacão ficou aberto a propostas. A diretoria do Corinthians, que já o havia procurado desde o fim de 2013, voltou a manifestar o interesse. Como tem dito desde o início da temporada, não há condições financeiras para trazê-lo, mas com a ajuda de um parceiro e valores mais baixos, o negócio pode vingar.

O jogador era um dos que estavam na lista de reforços que a diretoria bateu com o técnico Mano Menezes, ainda no fim do ano passado. Mano chegou a confirmar publicamente o interesse, mas destacou a concorrência e os altos valores. Outro jogador da lista era Elias, que depois foi contratado.

Revelação em 2013
Marcelo Cirino, como ficou conhecido quando surgiu, foi eleito pela CBF como a revelação do Campeonato Brasileiro do ano passado. Ele despertou interesse de clubes do exterior (não houve propostas oficiais) e do Brasil. O rival São Paulo também era um dos clubes interessados, mas desistiu.

Fonte: Lancenet
Compartilhar:
    Publicidade