Após vitória na Libertadores, jogadores caem na farra com a mulherada

Jogadores apareceram em fotos nas mídias sociais

Clube ainda não sabe se haverá punição aos atletas. Foto: Divulgação
Clube ainda não sabe se haverá punição aos atletas. Foto: Divulgação

A torcida do Defensor, do Uruguai, está em festa com a excelente campanha na Libertadores.

A farra, no entanto, saiu das arquibancadas e contaminou o vestiário.

Isto porque, nesta sexta-feira, o site Ovación publicou fotos de uma festinha particular que os zagueiros uruguaios Ramón “Cachilla” Arias e Matías Malvino fizeram na Colômbia, após a vitória sobre o Atlético Nacional, por 2 a 0.

A diretoria ainda não se pronunciou sobre o assunto, mas de acordo com o Ovación, a dupla receberá uma punição pesada. Além de ser cortados do jogo de volta, marcado para a próxima quinta-feira, no Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai, ele receberão uma multa pesada da diretoria.

“Não se pode tomar decisões no calor do momento. É preciso esfriar a cabeça, com todas as informações que tivermos. Aparentemente, foi nas três horas livres que tinham, depois da vitória. Demos folga para saírem do nosso hotel”. afirmou o presidente Daniel Jablonka.

Apenas Malvino atuou os 90 minutos, ao contrário de Arias, que ficou no banco de reservas. Com 22 anos, ele é considerado uma promessa em seu país. O zagueiro defendeu a Celeste nas Olimpíadas de Londres em 2012.

Fonte: Futebol Interior

Compartilhar:
    Publicidade