As apostas da Rosa

A semana que se inicia é mais uma das decisivas para a governadora Rosalba Ciarlini neste ano de 2014. A…

A semana que se inicia é mais uma das decisivas para a governadora Rosalba Ciarlini neste ano de 2014. A inauguração oficial da Arena das Dunas, com a presença da presidente Dilma Rousseff no gramado do novo estádio natalense, terá a força de um canhão em termos de divulgação de sua imagem. Mas, ao mesmo tempo, será difícil minimizar a promessa de protestos do lado de fora do campo.

Se conseguir chegar ao próximo sábado, véspera da rodada dupla prevista para o gramado que receberá os jogos da Copa do Mundo, sem maiores arranhões do que os já ostentados por seu governo, a Rosa terá, sim, razões para acreditar em uma possível reviravolta eleitoral. Mas, para isso, também será fundamental o bom trabalho de marketing, atrelando sua imagem a das dunas de concreto.

Ao que parece, a estratégia de Rosalba é semelhante a de seus antecessores. Se Agripino ficou marcado como o governador das estradas e Garibaldi Filho, das águas, Wilma de Faria conseguiu transformar a Ponte Forte/Redinha em realidade. Agora, a democrata trabalha, nitidamente, para ser lembrada para sempre como a gestora da Arena e do futuro Aeroporto de São Gonçalo.

Talvez, o plano não dê tão certo porque, ao contrário dos anos passados, está bem mais nítido dessa vez a mão do governo federal nos dois projetos. Mas, pelo menos, é uma estratégia para tirar a Rosa do ostracismo em que se encontra com a esperança de um protagonismo quase impossível para a maioria dos especialistas em política, eleições e pesquisas de opinião.

O fato é que apenas o tempo, o senhor da razão, dirá se Rosalba apostou certo em tentar trazer para si as duas conquistas citadas, enquanto a população continua cobrando melhorias esquecidas em questões básicas, como saúde, educação e, hoje principalmente, segurança pública. Justamente, três dos maiores problemas enfrentados no Rio Grande do Norte.

 

A COPA É NOSSA
Em tempo: é preciso fazer justiça. Se o Arena das Dunas está concluído e Natal garantida na Copa do Mundo de 2014, é devido a gestão Rosalba Ciarlini. Por pouco, mas muito pouco mesmo, a capital potiguar não foi excluída do mundial. A Fifa, contaminada pela imprensa nacional, não acreditava mais nas condições do RN de construir seu novo estádio. Quebraram a cara.

ESQUISITO
Por falar no governo Rosa, foi estranho a revista Época não ter publicado nenhuma palavra da governadora em resposta a matéria que comparava sua administração com a de Roseana Sarney, no Maranhão. Segundo se fala nos bastidores do Centro Administrativo, o veículo nem procurou Rosalba para saber da sua posição sobre os problemas carcerários do RN.

ATÉ O DOCE
Também ficou feio para a revista nacional o teor do desmentido enviado pelo governo sobre a matéria. O veículo disse que não teve sua entrada no presídio autorizada. Segundo a nota da Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania, a equipe da Época teria entrado sim no local, inclusive com direito a almoçar no refeitório da unidade. “Comeu até pudim de sobremesa”, disse uma fonte com livre circulação no presídio.

FORÇAS OCULTAS
Já se sabe agora um dos motivos da demora para o início das obras dos acessos do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante. Políticos, com mandato, teriam tentado a todo custo evitar a liberação dos recursos para o governo, inclusive veiculando de forma equivocada que o RN estava com restrições financeiras. A luta é grande.

CONTA DIFÍCIL
O problema agora é o tempo estabelecido pelo próprio governo para a conclusão dos acessos. Ora, em quase um ano de trabalho, fizeram apenas 25% da pista. Como conseguirão concluir os outros 75% em 10 dias de janeiro, fevereiro e parte de março? E a segunda via, que só tem 7% pronta. Como estará disponível até abril, faltando 93% do projeto? É uma corrida contra o tempo.

CULTURA
O Ginásio Nélio Dias, na zona Norte receberá a partir de quarta-feira (22) a peça de teatro interativa “Casa do Julgamento. A obra trabalha temáticas voltadas às questões sociais. Neste ano, o tema abordará a associação entre bebidas alcoólicas e trânsito e as consequências disso para a sociedade. O horário, nos dias 22 a 24, será às 19 horas e, no dia 25, às 17 horas.

FUTEBOL
A carreira do técnico Wassil Mendes nos clubes do Rio Grande do Norte fala por si, mas é abaixo da crítica o trabalho feito pelo treinador no comando do Alecrim. Após seis meses apenas de treinos e com várias indicações do próprio Wassil, o time verde continua muito mal. Ontem, contra o Palmeira, escapou da derrota por pouco. O pior, é a falta de perspectiva para a melhora. Está difícil.

GOLEADA
Por falar em futebol, o América jogou muito ontem na estreia da Copa do Nordeste, contra o Vitória, em pleno Barradão. Os baianos praticamente não viram a cor da bola e enfrentaram um time amplamente superior em quase toda a partida, que terminou em 3 a 0. A equipe natalense volta para a capital com a moral alta para os próximos desafios da competição.

GIRA MUNDO

A CBF ofereceu um adiantamento de R$ 4 milhões à Portuguesa para que o clube desista das ações judiciais para tentar anular o rebaixamento à Série B e aceitar a queda. É o que diz a ESPN Brasil, em informações veiculadas no programa Sportscenter. Segundo a emissora, o clube recebeu um documento da entidade máxima do futebol brasileiro no qual constam seis cláusulas, oferecendo um acordo para que a Lusa acate a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Compartilhar:
    Publicidade