Apple nega falha de segurança no vazamento de fotos de celebridades nuas

Para empresa americana, celebridades caíram no velho golpe do e-mail falso

Kirsten-Dunst-e-uma-das-atrizes-vitimas-do-vazamento-de-fotos-intimas-na-internet-size-598

A Apple divulgou nesta terça-feira comunicado oficial sobre o vazamento de fotos de celebridades nuas ou seminuas ocorrido no último domingo. Segundo a empresa, as contas dos famosos nos serviços Apple (acessadas a partir das credenciais do Apple ID) foram de fato hackeadas, o que permitiu o vazamento das imagens. A empresa, contudo, nega brechas de segurança em seus serviços — hipótese que vinha sendo cogitada por especialistas.

Segundo a companhia americana, atrizes como Jennifer Lawrence e Kirsten Dunst provavelmente caíram em um golpe conhecido: o phishing. Ao receber e-mails falsos atribuídos à Apple, forneceram informações sigilosas, como senhas, ao preencher formulários virtuais: assim, abriram caminho para a ação dos criminosos. A partir daí, diz a companhia, os hackers tiveram acesso a todos os serviços da Apple atrelados à identificação das estrelas.

“A privacidade e a segurança de nossos usuários são nossos bens de maior importância. Depois de mais de 40 horas de investigação, descobrimos que algumas contas de celebridades foram comprometidas em razão de um ataque direcionado a nomes de usuário, senhas e perguntas de segurança”, diz o comunicado. A companhia fez questão de ressaltar que esse tipo de ação não é novidade. “Essa prática tem se tornado muito comum na internet.”

A Apple foi enfática ao descartar uma eventual falha de segurança em sua plataforma. “Nenhum dos casos investigados pela nossa equipe estava relacionado a qualquer brecha, em qualquer sistema da Apple, como iCloud e Find my iPhone. Continuaremos trabalhando em conjunto com a Justiça para ajudar na identificação de todos os criminosos envolvidos”, explicou a empresa.

Para evitar problemas similares, a Apple recomenda que todos os seus consumidores utilizem senhas fortes e ativem o recurso de dupla autenticação. Esse procedimento reforça a segurança, uma vez que o usuário deve usar além de nome de usuário e senha, um código de seis dígitos enviado por SMS. A maioria dos serviços de internet disponíveis no Brasil oferece essa ferramenta.

 

 

Fonte: Veja

Compartilhar:
    Publicidade