Ar-condicionado: alerta para os danos causados na pele e cabelos

Com o calor absurdo que tem feito, o uso do ar-condicionado é freqüente trabalho, em casa ou no carro

 é preciso tomar alguns cuidados para combater a baixa umidade e a lubrificação natural da pele. Foto: Divulgação
é preciso tomar alguns cuidados para combater a baixa umidade e a lubrificação natural da pele. Foto: Divulgação

Os efeitos de horas ao ar-condicionado são sentidos na pele do rosto, mãos, pernas e pés, que ficam secas, sem brilho, e muitas vezes apresentam descamação e coceira. Cabelos e unhas também ficam secos e quebradiços, pois o aparelho retira a umidade do ar do ambiente, ressecando a pele e os cabelos.

A dermatologista Daniela Landim explica que é preciso tomar alguns cuidados para combater a baixa umidade e a lubrificação natural da pele e para se proteger do ressecamento do ar-condicionado:

– Beber MUITA água. Vários copos ao longo do dia, pelo menos a cada duas horas

– Usar protetor solar todos os dias, mesmo em ambientes fechados

– Tomar banho e lavar as mãos com sabonete hidratante, sem esfregar

– Usar protetores labiais à base de glicerina, óleos e manteigas hidratantes

– Usar hidratante corporal específico para cada tipo de pele

– Hidratar os cabelos com condicionador e cremes

– Tomar banhos rápidos e mornos

– Em casos de alergia, é importante procurar um médico para o tratamento correto.

 

Com esses cuidados, pele e cabelo ficarão saudáveis e bonitos.

 

 

Compartilhar: