Árbitro que não viu gol do Vasco muda de casa após ser ameaçado de morte

O gol marcado por Douglas e não validado pelo árbitro influenciou diretamente no resultado do clássic

Rodrigo Castanheira está recebendo ameaças após não dar gol legítimo do Vasco. Foto:Divulgação
Rodrigo Castanheira está recebendo ameaças após não dar gol legítimo do Vasco. Foto:Divulgação

A visão (ou falta dela) do árbitro Rodrigo Castanheira, que não viu um gol claro do Vasco no clássico contra o Flamengo no último domingo (16) continua dando muito o que falar.

Nesta quarta-feira (19), a imprensa carioca publicou que Castanheira, após ter sido ameaçado de morte por torcedores vascaínos, resolveu tomar uma providência para preservar sua vida e a de seus familiares.

O árbitro, que chorou muito nos vestiários do Maracanã após tomar ciência de seu erro grotesco, registrou Boletim de Ocorrência na Delegacia de Repressão a Crimes de Informática e ainda mudou repentinamente de endereço.

O depoimento de Castanheira teria durado cerca de três horas e o árbitro teria levado à delegacia, em um pen drive, as provas de que está sendo ameaçado pela internet.

O gol marcado por Douglas e não validado pelo árbitro influenciou diretamente no resultado do clássico, que acabou sendo vencido de virada pelo Flamengo.

O equívoco gerou brincadeiras imediatas nas redes sociais, inocentes e totalmente diferentes das ameaças que o árbitro vem sofrendo atualmente.

A ajuda da arbitragem ao Flamengo foi tema das brincadeiras, assim como a utilidade do quarto árbitro, medida adotada há algum tempo pelas federações.

Fonte:R7

Compartilhar: