Arcebispo choca fiéis: “Sexo oral não é pecado quando for feito pensando em Jesus”

O prelado já tinha provocado polêmica com o livro Cásate y sé sumisa (Case e seja submissa), lançado em dezembro passado na Europa

thtrhtrhrthrh

Francisco Javier Martinez, arcebispo de Granada, Espanha, deu conselhos às mulheres crentes evitarem cair em pecado ao praticarem sexo oral com seus parceiros.

“As mulheres podem praticar ‘felatio’ com seus maridos sempre que eles pedirem. Mas quando o fizerem, devem pensar em Jesus para não se tornarem pervertidas. “Recorda que não és uma pervertida”, disse o sacerdote em matéria polêmica publicada no influente jornal espanhol El Pais e em site chileno.

O prelado já tinha provocado polêmica com o livro Cásate y sé sumisa (Case e seja submissa), lançado em dezembro passado na Europa. Mulheres. “Não é uma perversidade», diz o prelado no livro «Casa-te e sê submissa” [tradução literal].

yh56y45y54y4y4

“O sexo matrimonial também é obra do Senhor e, por isso, sempre se regeu pelas leis da Igreja”.

O livro, que pretende ser uma orientação pia para mulheres casadas, acrescenta muitos outros conselhos preciosos:

“Deus colocou-te ao lado do teu marido, esse santo que te suporta apesar de tudo. Obedece-lhe e submete-te com confiança”.

 

Fonte: Revolución

Compartilhar:
    Publicidade