Arcebispo fala sobre beijo gay na TV e diz que prática é inaceitável

Ele diz que não vê como uma agressão, mas reafirma o que dita a lei de Deus, na qual consta que o homem foi feito para a mulher

Arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto. Foto: Divulgação
Arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto. Foto: Divulgação

O arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto esteve presente na abertura das atividades de 2014 da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), nessa segunda-feira (3) e deu a opinião dele sobre o beijo gay na televisão.

Pagotto disse que isso é inaceitável diante das leis de Deus e conforme os costumes cristãos do catolicismo, a prática pode ser respeitada, mas não é estimulada pelos seguidores da Bíblia.

Ele explica que “há uma pressão psicológica, emocional e afetiva para liberar completamente o beijo homossexual”.

Apesar de não aceitar a prática, o arcebispo diz que não vê como uma agressão, mas reafirma o que dita a lei de Deus, na qual consta que o homem foi feito para a mulher e que duas pessoas do mesmo sexo podem sentir atração fraterna, não para relacionamento sexual.

 

Fonte: Portal Correio

Compartilhar: