Armazém da Caridade recebe doação de alimentos da Maçonaria do RN

Em comemoração à Semana do Maçom, entidade entrega 400 cestas

Foto: José Aldenir
Foto: José Aldenir

Está estampado na parede do prédio de número 968 na avenida Lima e Silva no bairro de Nazaré: “aceitamos todo tipo de doação, menos dinheiro”. Essa frase e quase um lema do Armazém da Caridade, que, neste sábado (23), recebeu 401 cestas básicas da Maçonaria do Rio Grande do Norte.

A doação dos maçons ocorreu dentro da programação da Semana do Maçom, que teve seu ponto alto no Dia do Maçom, 20 de agosto. Toda a maçonaria do Rio Grande do Norte se reuniu para realizar essa ação social. No interior e na capital, as lojas maçônicas foram mobilizadas assim como cada maçom individualmente e em quinze dias foi possível conseguir alimentos suficientes para as 401 cestas básicas.

Na manhã de hoje, o Armazém da Caridade recebeu as doações, mas dentro de aproximadamente uma semana haverá uma cerimônia oficial de entrega com as entidades que serão beneficiadas. “Feita a entrega da cesta básica, vamos ter outro evento com dez ou quinze instituições que vamos catalogar e a maçonaria vai fazer essa entrega oficialmente”, contou Manoel Lopes, fundador e presidente do Armazém da Caridade.

A parceria da Maçonaria no Estado com o Armazém da Caridade é antiga. Por isso, mais uma vez a instituição foi escolhida para ser uma ponte entre os maçons e as pessoas que precisam de ajuda. “Sabemos da competência do trabalho que vem sendo feito há 16 anos e também queremos mostrar aos empresários que essa iniciativa está meio desativada porque não tem quem doe”, alertou Antonio Brito, grão-mestre.

Em função dessa sazonalidade das doações no meio do ano, o presidente e fundador do Armazém fez um apelo para os organizadores de eventos esportivos, principalmente de maratonas. “Sugerimos que quem fizer uma maratona que coloque como forma de participação a doação de um quilo de alimento, porque tem tanta maratona sendo feita por aí”, solicitou.

Conforme Lopes, somente em momentos de campanhas a população oferece apoio massivo. Exemplo disso é o Natal Solidário, sempre no final do ano, quando cerca de 150 voluntários são mobilizados para receber, organizar e distribuir as doações. Ainda segundo ele, a doação de maratonas resolveria o problema no meio do ano. “Recebemos todo tipo de doação o ano inteiro, de roupas, alimentos, menos dinheiro”, frisou Manoel Lopes.

Atualmente, o Armazém da Caridade possui 36 instituições filantrópicas cadastradas que recebem as doações que chegam por lá. Segundo Manoel Lopes, as doações são direcionadas para as instituições cadastradas independentemente da sua orientação religiosa, embora o Armazém tenha sido fundado com auxílio de uma instituição espírita.

O Armazém da Caridade fica localizado na avenida Lima e Silva, número 968, no bairro de Nazaré. Além de ir pessoalmente ao local, quem se interessar em ajudar a instituição pode telefonar para o número 3205-4343. Todas as quartas-feiras há reuniões públicas a partir das 20h.

Compartilhar: