Reprovado nos EUA, vencedor do The Voice foi indicado por Leifert

A história de Sam no The Voice Brasil começou com um amigo de Tiafo Leifert, apresentador do programa

Apresentador foi o responsável pela presença de Sam no programa. Foto:Divulgação
Apresentador foi o responsável pela presença de Sam no programa. Foto:Divulgação

Vencedor da segunda edição de The Voice Brasil, Sam Alves já participou de uma das edições americanas do programa. Foi reprovado. “Eu me senti derrotado. Mas acho que tudo tem uma razão. Precisava acontecer aquilo para que isso pudesse acontecer hoje”, disse “a nova voz do Brasil”, que assinará contrato com a Universal Music.

A história de Sam no The Voice Brasil começou com um amigo de Tiafo Leifert, apresentador do programa. “O Ricardo, um blogueiro amigo meu, me ligou perguntando se eu via a versão americana. Eu disse que não, e ele me falou da eliminação do Sam. Fui atrás, vi e fiquei chocado. Conseguimos os contatos do cara e pedimos que ele tentasse se inscrever. Deu no que deu”, disse Leifert.

Sam afirmou na madrugada desta sexta que acatou ao chamado. “Menos de um mês depois, a produção me chamou para a audição”, revelou.

Durante o programa, Claudia Leitte, a mentora e treinadora do vencedor, não deixava de cutucar os colegas e adversários. “Eu sabia desde o começo, intuição de mãe”, afirmou ela depois, aos jornalistas. “Eu assisti aos vídeos da primeira temporada e sabia dessa coisa de mãe que Claudia tem, por isso escolhi ela”, explicou o cantor.

Realizado ao vivo em uma casa de shows do Rio, o programa trouxe alguns convidados já conhecidos da audiência: os assistentes Rogerio Flausino com o Jota Quest, Luisa Possi, Maria Gadu e Gaby Amarantos, além de Ana Carolina numa apresentação toda especial, sensualmente coreografada que levou o auditório ao delírio. Todos muito aplaudidos nos bastidores antes de entrarem no ar.

J.B. Oliveira, o Boninho, o diretor-geral da atração, pedia a todo momento animação para a plateia. Durante os intervalos, era perceptível o nervosismo dos treinadores quando o apresentador anunciava o número de votos. Entre um videoteipe e outro, um batalhão de produtores e contrarregras preparava o cenário para a próxima apresentação.

Depois da chuva de papel picado, todos os protagonistas foram alvo da imprensa nos bastidores. E foi lá que rolou uma pequena saia justa com Claudia Leitte, Sam Alves e a Universal. É que o pessoal da nova gravadora da “voz do Brasil” incluiu Claudia na foto. Claudia tem contrato com a Som Livre.

Fonte:UOL

Compartilhar: