Artilheiro Isac diz que pode jogar de segundo atacante no América

Isac está decidido em dividir o ataque alvirrubro com Max

Artilheiro da Série B de 2012 vai dividir  o ataque alvirrubro com Pardal e Max. Foto: Divulgação
Artilheiro da Série B de 2012 vai dividir
o ataque alvirrubro com Pardal e Max. Foto: Divulgação

O atacante Isac, artilheiro do América na temporada 2012, está de volta ao alvirrubro. Apresentado ontem ao técnico Leandro Sena, o atacante que chegou por empréstimo junto ao Changchun Yatai-China, disse que tanto pode atuar como atacante de referência, quanto segundo homem de ataque. “Na China, eu saía muito da área. É diferente do que eu fazia antes, mas me acostumei. Não vou ter problema em jogar como um centroavante ou um segundo atacante”, disse o atacante ao site oficial do clube.

A revelação deixa bastante claro que Isac está decidido em dividir o ataque alvirrubro com Max, titular da posição até o momento. A definição vai ficar a cargo de Leandro Sena que aos poucos encontrará a melhor formação, já que ele ainda possui Adriano Pardal, Rafinha e Alfredo para o setor. Mas isso não será problema para Isac, que segundo ele, veio para somar. “Já conversei com todo mundo. Tem uns parceiros aqui e alguns com quem já joguei contra. Tá tudo em casa. Agora, é trabalhar focado nas competições que temos pela frente. A gente tem jogadores de bastante qualidade e eu vim pra somar. Não chego pra ser estrela, um jogador de nome, só porque fiz meu nome aqui. Sou apenas mais um. E espero repetir o que consegui fazer em 2012: conquistar títulos e dar alegrias à torcida do América”, destaca.

Na passagem pelo América em 2012, Isac foi campeão potiguar e vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro da Série B, com 20 gols marcados. No calendário desta temporada, quatro competições serão disputadas pelo alvirrubro: Copa do Nordeste, Campeonato Potiguar, Copa do Brasil e Série B. “O América, no ano passado, saiu cedo da Copa do Nordeste. Eu acompanhava, mesmo da China, e achava que aquele grupo fosse chegar um pouco mais longe, mas, infelizmente, não conseguiu. E, agora, eu vim já sabendo da dificuldade que iremos encontrar. Vamos brigar de qualquer jeito pra sairmos com o título. Sou mais um que está chegando para ajudar”, afirmou.O técnico Leandro Sena comandou um trabalho com bola, em campo reduzido, e escalou o time considerado titular com Andrey, Wálber, Cléber, Edson Rocha e Bruno; Fabinho, Márcio Passos, Dener e Rafinha; Max e Pardal.

Compartilhar:
    Publicidade