Assessor parlamentar é preso por aliciar jovens em rede social

Ainda sem passagens pela polícia, Ivan vai responder por facilitação à prostituição e corrupção de menores

Ivan é suspeito de aliciar garotos pela internet na Bahia. Em troca, ele oferecia dinheiro, roupas e até ingressos para shows. Foto: Divulgação
Ivan é suspeito de aliciar garotos pela internet na Bahia. Em troca, ele oferecia dinheiro, roupas e até ingressos para shows. Foto: Divulgação

Foi preso nesta terça em Brumado (BA) o assessor parlamentar Ivan Alves de Oliveira, suspeito de criar um perfil falso em uma rede social para atrair meninos entre 14 e 17 anos. Dois computadores foram apreendidos pela polícia na casa do assessor e encaminhados à perícia.

Segundo o delegado Romilson Dourado, titular da Delegacia Territorial (DT) de Brumado, as investigações começaram em fevereiro deste ano, quando uma denúncia anônima encaminhada à polícia informava que Ivan aliciava garotos e os oferecia dinheiro, camisas, ingressos de shows, passeios e hospedagens em pousadas de cidades vizinhas.

A polícia identificou cinco vítimas do assessor, que criou um perfil falso em nome de Camila Nogueira. Por meio dele, adicionava os adolescentes na internet e depois os convencia a aceitar como amigo o “tio” Ivan, ele próprio. Os valores oferecidos aos garotos, que eram levados para sua casa, variavam entre R$ 100 e R$ 150.

O delegado Claudio Marques, da 20ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), de Brumado, cumpriu o mandado de prisão preventiva contra Ivan e mais dois de busca e apreensão, para os computadores do assessor. A ação contou com o apoio de policiais da 34ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM).

Ainda sem passagens pela polícia, Ivan vai responder por facilitação à prostituição e corrupção de menores. Ele está preso na carceragem da delegacia de Brumado.

Fonte: Terra

Compartilhar: