Astros chegam ao Brasil lesionados e podem diminuir o brilho da Copa do Mundo

Cristiano Ronaldo, Ribery e Luis Suárez foram convocados, mas lutam contra contusões a uma semana do Mundial. Falcao Garcia seguiu caminho diferente e foi cortado pela Colômbia

Cristiano Ronaldo: craque português segue se recuperando de lesão muscular na coxa. Foto: Divulgação
Cristiano Ronaldo: craque português segue se recuperando de lesão muscular na coxa. Foto: Divulgação

O atacante Falcao Garcia não conseguiu se recuperar de uma lesão no ligamento cruzado do joelho direito, sofrida em janeiro, e ficou fora da lista de convocados da Colômbia para a Copa do Mundo. No fim das contas, a ausência dele é uma exceção. Outros craques de países que se classificaram para a competição foram mantidos nas convocações definitivas, mas estão longe da forma física.

Eleito o melhor jogador do mundo em 2013, Cristiano Ronaldo é um deles. O atacante do Real Madrid ainda luta contra uma lesão no músculo da coxa esquerda, que já tinha o incomodado na final da Liga dos Campeões. Desde que se apresentou à seleção de Portugal, o craque vem fazendo um trabalho específico de recuperação e ainda não ficou à disposição do técnico Paulo Bento nos treinos.

“Todos confiamos que Cristiano vai estar 100%”, disse Varela, outro atacante da seleção portuguesa. “Ele tem trabalhado de manhã e à noite. É um excelente profissional e penso que vai estar em grande forma na Copa”, completou.

Outro representante europeu na Copa do Mundo que não sabe em que condição estará seu principal jogador é a França. Tudo porque o meia-atacante Franck Ribery, grande líder das conquistas do Bayern de Munique nas últimas temporadas, vem sofrendo com dores nas costas. Chegou até a passar por exames em um hospital em Paris e a se consultar com um especialista para saber a gravidade do problema.

No sábado, ao ser indagado sobre as chances de não contar com Ribery na Copa, o técnico da França, Didier Deschamps, respondeu: “Não quero pensar nisso hoje. Estamos fazendo tudo para que ele possa voltar. Ele está confiante. Se houver um problema, teremos tempo de encontrar uma solução”. No fim das contas, o comandante optou por incluir na lista definitiva de convocados o nome do meia-atacante.

Ribery estará no Mundial, resta saber em qual condição. O mesmo pode ser dito em relação ao uruguaio Luis Suarez. Artilheiro do Campeonato Inglês na última temporada, o atacante precisou ser submetido a uma cirurgia para reparar uma lesão no menisco do joelho esquerdo.

Nesta segunda-feira, menos de duas semanas depois da operação, foi reintegrado à concentração do Uruguai. Realizou uma série de exercícios de fortalecimento, mas ainda não tem previsão de voltar a treinar normalmente com os companheiros. “Ele está bem e com muita vontade. Não há nenhuma data (para que ele volte a jogar), mas temos esperanças de que se recupere a tempo (da Copa)”, disse Diego Forlán, companheiro de Suárez na seleção.

Precaução brasileira

Por questões médicas, dois jogadores que foram titulares da seleção brasileira na conquista da Copa das Confederações não entrarão em campo no amistoso diante do Panamá, nesta terça-feira. São eles: o zagueiro Thiago Silva e o volante Paulinho, que nem sequer viajaram para Goiânia, local do jogo.

A ausência de Thiago Silva já era esperada. O zagueiro vinha sendo preservado para se recuperar de desgaste muscular nas pernas. Mas o técnico Luiz Felipe Scolari não contava com um problema de Paulinho, que sentiu um incômodo no tornozelo esquerdo após uma dividida com o meia-atacante Bernard, no treino do último sábado.

Para a Copa do Mundo, no entanto, não há motivos de preocupação. Os dois deverão estar à disposição de Felipão.

Fonte: IG

Compartilhar:
    Publicidade