Atacante, com passagem por Inter e Corinthians é internado viciado em crack

Rossi, revelado pelo Inter em 1990 e bicampeão do Gaúcho em 91 e 92, decidiu iniciar o tratamento após, segundo ele, passar “quatro noites e quatro dias sem comer e sem dormir, só bebendo água e na pedra”

Alex foi ídolo do Avaí nos anos 90. Hoje, aos 45 anos, luta contra o crack. Foto:Divulgação
Alex foi ídolo do Avaí nos anos 90. Hoje, aos 45
anos, luta contra o crack. Foto:Divulgação

Atacante que viveu o auge da carreira na década de 1990, Alex Rossi iniciou uma luta recente para se livrar do crack. O ex-jogador, que passou por clubes como Internacional, Corinthians e Avaí, deu entrada em uma clínica de reabilitação para se tratar do vício. Atualmente aos 45 anos, ele ficará por aproximadamente um mês em uma clínica no interior do Rio Grande do Sul. As informações são da emissora SporTV.

Rossi, revelado pelo Inter em 1990 e bicampeão do Gaúcho em 91 e 92, decidiu iniciar o tratamento após, segundo ele, passar “quatro noites e quatro dias sem comer e sem dormir, só bebendo água e na pedra”. “Bateu aquela fissura e eu achei que não teria mais volta”, admitiu. Após se sentir “desfigurado” e parecendo “uma bicicleta”, foi a um hospital para receber soro e teve o convite para se internar. “Meu conselho para quem pensa em sair das drogas ou quer entrar: sai dessa, porque é a maior furada. Estou um pouco triste por ficar um mês e pouco fora para finalizar todo esse processo, mas tá… vai dar tudo certo”, disse.

Fonte:Terra

Compartilhar: