Atacante titular do Equador morre no Catar aos 27 anos após ser internado

Christian "Chucho" Benítez estava próximo de jogar sua segunda Copa do Mundo

"Chucho" Benítez tinha grandes chances de disputar a Copa do Mundo de 2014 pela seleção do Equador Foto: Getty Images
“Chucho” Benítez tinha grandes chances de disputar a Copa do Mundo de 2014 pela seleção do Equador Foto: Getty Images

O atacante Christian “Chucho” Benítez, titular da seleção do Equador, morreu nesta segunda-feira aos 27 anos, de acordo com veículos britânicos como a BBC e o Daily Mirror. A causa da morte teria sido uma parada cardiorrespiratória após o jogador ser internado com suspeita de apendicite. O atleta havia acabado de se transferir do América do México para o El Jaish, do Catar, em um negócio de 10 milhões de libras (R$ 34 milhões).

Não foram divulgados mais detalhes sobre a morte de Benítez, que era especulado como alvo de mercado do Tottenham e tinha grandes chances de disputar a Copa do Mundo de 2014 no Brasil. A seleção equatoriana ocupa atualmente o terceiro lugar nas Eliminatórias Sul-Americanas para o Mundial, atrás apenas de Argentina e Colômbia.

Compartilhar: