Atletas protestam, mas Botafogo diz que não tem como pagar

Jogadores já não aguentam mais as promessas da diretoria

Maurício Assumpção diz que não tem como pagar jogadores do Botafogo. Foto: Divulgação
Maurício Assumpção diz que não tem como pagar jogadores do Botafogo. Foto: Divulgação

Como prometido, os jogadores do Botafogo fizeram um protesto antes do treino da manhã deste sábado, no campo anexo do Engenhão, por causa dos salários atrasados. Os atletas sentaram em cadeiras ao lado do gramado e conversaram por cerca de dez minutos antes do início das atividades físicas. Depois, o treino seguiu normalmente.

Presente no local ao lado da cúpula de futebol do clube, o presidente Mauricio Assumpção falou sobre o ato do elenco. O mandatário alvinegro classificou a postura dos jogadores como legítima, mas disse que ainda não tem condições de pagar os salários.

“O ato representativo da insatisfação deles é legítimo, mais do que isso, nós da diretoria entendemos. Nenhum problema. Acho que é legítimo um trabalhador fazer o que eles fizeram, mas eles têm que entender o seguinte: não é que eu não queira pagar, não tenho da onde pagar. Como é que eu pago com 100% das receitas penhoradas?” indagou Assumpção, que também falou sobre a situação complicada para os funcionários do clube.

“Daqui a 20 dias serão os cerca de 400 funcionários do Botafogo que também não vão receber os seus salários. Essa é uma situação que aconteceu no ano passado, um pouco diferente, porque tínhamos receitas liberadas. Então, de uma forma ou de outra, nós conseguíamos honrar os compromissos. Mas neste ano a situação é muito ruim”, comentou.

De acordo com a apuração do LANCE!Net, os jogadores não vão treinar neste domingo. Os atletas estão muito insatisfeitos com a diretoria, já que não há uma data específica para o pagamento dos salários. O elenco também ficou muito irritado com a busca do clube por reforços como Vitinho e Emerson Sheik, já que ao mesmo tempo em que procura reforços, o clube não consegue pagar os salários em dia.

Fonte:Terra

Compartilhar:
    Publicidade