Atlético MG têm atuação vergonhosa e é goleado pelo Raja Casablanca

Mesmo tendo feito o gol do Galo, Ronaldinho Gaúcho foi figura apática no jogo

A história já mostrava que seria difícil. Os torcedores do Atlético-MG só não imaginavam tanto. E o sonho do inédito título mundial virou pesadelo em Marrakesh. Com um pênalti duvidoso, o time comandado por Cuca perdeu por 3 a 1 para o Raja Casablanca, do Marrocos, e está fora da final do Mundial de Clubes da Fifa.

É a segunda vez que uma equipe da América do Sul não se classifica para a decisão da competição. A última, também traumática para os brasileiros, foi em 2010, quando o Internacional caiu diante do Mazembe, da República Democrática do Congo.

Na decisão, o Raja terá a chance de repetir o Corinthians de 2000, único time que conseguiu ser campeão do mundo jogando em casa. Para isso, terá que superar o Bayern de Munique. Ao Atlético-MG, resta a consolação de disputar o terceiro lugar contra o Guangzhou Evergrande, da China.

Compartilhar: