ATRASO

Mais uma vez, novamente, de novo, a governadora Rosalba Ciarlini atrasa o pagamento do salário dos servidores públicos do Estado.…

Mais uma vez, novamente, de novo, a governadora Rosalba Ciarlini atrasa o pagamento do salário dos servidores públicos do Estado. O atraso é incompatível com a entrevista de Obery Rodrigues, o tesoureiro de luxo de Carlos Augusto. Ele disse que o RN vive momento de superávit nas contas do Estado.

ATRASO II

Ou seja: de acordo com o tesoureiro de Carlos Augusto, o Governo tem mais receita do que despesa. Nesse caso, resta saber para onde está indo o dinheiro do Governo. Ou se o atraso continua sendo uma encenação da Rosa para não pagar o duodécimo integral dos demais poderes e instituições.

COMPLICAÇÃO

Situação mais indigesta, desconfortável e complicada nesta eleição é a do senador José Agripino. O pai de Felipe jamais imaginou que sua amiga de 40 anos, transformada em única governadora de seu partido em seu próprio Estado, provocaria muito mais estragos em sua carreira política do que todos os seus adversários juntos.

DISCURSO

Rosalba Ciarlini finge que comanda seu desastrado Governo e ignora que cerca de 80% da população desaprova sua maneira de administrar. Diante da rejeição popular, José Agripino perdeu a força de seu discurso nacional e tem se ausentado de debater as questões locais. Como manter um discurso de cobrança sistemática a Dilma, se em escala bem menor, sua governadora não consegue fazer o básico, o mínimo, e ainda atrasa salário?

LIDERANÇA

Diante do caos em que se transformou o Governo Rosalba Ciarlini, Agripino preferiu se aliar com seu outrora adversário e desafeto, Henrique Alves, o homem que defendeu sem ressalvas o Governo Dilma, recebe todo o respaldo de quem critica essa mesma gestão. Alías, não é só respaldo. Agripino hoje assume uma condição inimaginável para um político de sua estatura: é liderado de Henrique Alves. Ambos se toleram por conveniência, mas o real pensamento mútuo é impublicável.

REPULSA

Agripino, como político experiente e racional, um dos melhores oradores do Estado, é obrigado a agüentar em silêncio o achincalhe a que seu partido foi submetido por atos e omissões de Rosalba. Além disso, há também repulsa à presença do DEM em alianças e coligações para o pleito de outubro. Situação pior não seria imaginada nem por petistas mais radicais.

VETO

Hoje, o senador José Agripino está à espera de uma decisão de Henrique, que também passa pela retirada do veto de Wilma a sua presença no palanque. Tudo para evitar a possibilidade real de não conseguir comemorar a reeleição de seu filho, deputado federal Felipe Maia, que desempenha bem o mandato.

DEFINIÇÃO

Para quem sempre esteve na linha de frente de todas as eleições majoritárias desde 1982 no RN, comandando, mandando e liderando, sem nunca precisar obedecer ou ficar em posição secundária, o senador José Agripino nada pode fazer diante do momento de indefinição que vive, sempre à espera do que os outros vão fazer ou dizer sobre seu caminho. Não deve ser fácil para Agripino ter que agüentar tudo isso sem poder sequer vomitar sua própria verdade diante daqueles que o ignoram ou repelem sua presença.

CANDIDATURA

A governadora Rosalba Ciarlini foi a Mossoró e disse que sua candidata a prefeita em uma nova eleição, será Cláudia Regina, cassada 10 vezes e afastada do cargo pela Justiça Eleitoral. Ambas sabem que as condenações transformaram Cláudia Regina em ficha suja. Portanto, inelegível.

CANDIDATURA II

Sherloquinho tomou conhecimento que, nos bastidores do poder Rosado, já há trabalho de prospecção de um novo nome que possa concorrer pelo DEM na eleição suplementar. Por enquanto, o grupo trabalha de forma aparente para confundir o eleitorado ao dizer que Cláudia Regina pode disputar novamente. A estratégia serve para delimitar território.

DITADURA

O líder comunitário e pré-candidato a deputado federal, Marcos Freire, ao saber da prisão de Roberto Jefferson, delator do mensalão: “Roberto Jeferson era para estar solto. Se não fosse ele, o presidente da República era Zé Dirceu. Ele nos livrou de uma ditadura que seria imposta por Zé Dirceu”.

AMIZADE

O leitor José Carlos, manda e-mail: “Caro Túlio Lemos, a “amizade da governadora Rosalba com a prefeita de Mossoró, Cláudia Regina, é como o cigarro: Um mal hábito”.

Compartilhar: