Atriz é morta por PM após furar blitz no interior de São Paulo

PM foi autuado em flagrante por homicídio culposo

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Uma atriz foi morta após passar por um cerco de policiais em Presidente Prudente, no interior de São Paulo, na última sexta-feira. Segundo informações do Bom Dia SP local, Luana Barbosa, 25 anos, estava na garupa de uma motocicleta que não obedeceu ao sinal de parada da PM nas esquinas da rua Pampulha com a avenida Joaquim Constantino.

Após a passagem da motocicleta, um dos policiais acabou efetuando um disparo, que atingiu a atriz. Ferida, ela foi encaminhada para um dos hospitais da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Por causa da ação desproporcional, o PM foi autuado em flagrante por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar, e foi encaminhado para o presídio militar Romão Gomes, na zona norte da capital paulista.

Não há informações sobre o motivo do condutor da moto não ter atendido a solicitação da PM e ter avançado pela blitz.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

Fonte: Terra

Compartilhar: