AUTORIZAÇÃO

A ex-governadora Wilma de Faria transferiu a responsabilidade de faltar ou comparecer ao anúncio oficial da chapa com Henrique Alves,…

A ex-governadora Wilma de Faria transferiu a responsabilidade de faltar ou comparecer ao anúncio oficial da chapa com Henrique Alves, marcado para a próxima sexta-feira. Segundo o vereador Júlio Protásio, do PSB, a mãe de Lauro vai pedir “autorização” a Eduardo Campos para participar do lançamento da chapa do PMDB. Deixa em aberto que, se o neto de Miguel Arraes determinar, ela não participará do evento do dia 28.

DISCURSO

O prefeito Carlos Eduardo precisa ter muito cuidado com a argumentação que vai justificar seu apoio na eleição de outubro. Quando saiu do PMDB, deu demonstração de independência política em relação à família. No ano passado, rejeitou convite dos primos Henrique e Garibaldi para ser o candidato do PMDB. Não queria ser liderado de Henrique. Ganhou a eleição sem ele; contra ele.

DISCURSO II

O discurso ensaiado por Carlos Eduardo para apoiar chapa do primo Henrique Alves é de que o presidente da Câmara dos Deputados ajudou a liberar recursos do Governo Federal para o RN. O que é verdade. Henrique foi parceiro do prefeito em seu primeiro ano de gestão. O detalhe é que todo o dinheiro que veio ou virá para Natal, é do Governo Dilma Rousseff, do PT.

DISCURSO III

Portanto, ao justificar que o respaldo ao nome de Henrique é uma retribuição ao que o filho de Aluízio fez por Natal, indiretamente o prefeito exclui qualquer ajuda do Governo do PT à sua administração. Quando, na verdade, Henrique usou sua influência para abrir portas e facilitar a liberação de verbas, mas o dinheiro é diretamente administrado pela presidente Dilma, que tem uma candidata no RN.

MUDANÇA

Sherloquinho soube que hoje pela manhã houve uma reunião interna do PT em total sigilo. O objetivo seria por em pauta a possibilidade de conversar com Wilma de Faria para formar uma nova chapa, com a mãe de Lauro para o Governo e Fátima para o Senado. Nesse caso, o PT descartaria a candidatura de Robinson Faria.

MUDANÇA II

Como teria ocorrido em sigilo absoluto, as lideranças do PT evitaram qualquer contato com a imprensa. Mas Sherloquinho diz que os petistas querem convidar Wilma para ser a candidata por causa do risco de enfrentamento das duas candidatas. Será? No início da tarde, petistas graúdos disseram que a reunião era só boato.

SAÍDA

Pelo menos dois agripinistas vão deixar o Governo Rosalba Ciarlini de imediato: o secretário de Recursos Hídricos, Leonardo Rêgo e o diretor do IPEM, Carlson Gomes. Ambos saem da gestão Rosa para disputar mandato de deputado estadual. Quem não vai concorrer no pleito, finge que Agripino e Rosalba continuam grandes amigos.

DELÍRIO

A governadora Rosalba Ciarlini insiste em dizer que sua candidata ao pleito suplementar em Mossoró, será Cláudia Regina, prefeita condenada 12 vezes e afastada por crime eleitoral. Ou a Rosa desafia a Justiça ou passou à fase do delírio político.

URBANA

A diferença de preço do que prevê o edital de licitação da Urbana para o que a mesma empresa paga hoje pela coleta de lixo em Natal, é de cerca de R$ 2 milhões por mês. Ou seja: em pelo menos 06 meses que o edital não foi concluído, a Prefeitura de Natal economizou R$ 12 milhões e a cidade continua sendo limpa com a mesma equipe e os mesmo equipamentos. Depois do edital como quer a Urbana e o TCE pretende concordar, haverá aumento substancial. Absolutamente inexplicável.

LENDAS BRASILEIRAS

O jornalista Cláudio Humberto publicou em sua coluna: “FHC pediu “esqueçam o que escrevi”; Lula “esqueçam o que eu disse” e agora Dilma lança o “esqueçam o que assinei”, após culpar “relatório falho” para pagar US$ 1,18 bilhão por uma velha refinaria nos EUA”.

Compartilhar: