Avó indiciada por participar da morte de menino em ritual de magia negra

Um suspeito do crime foi preso no dia do assassinato; netos da suspeita estão em abrigo

Menino foi morto em ritual de magia negra. Foto: Divulgação
Menino foi morto em ritual de magia negra. Foto: Divulgação

As investigações sobre a morte do menino Gabriel Ribeiro Gonçalves, de cinco anos, tiveram uma reviravolta. A Polícia Civil informou que a avó do garoto apareceu como suspeita do crime e foi indiciada. O garoto foi estuprado e depois morto em um ritual de magia negra na cidade de Machadinho, interior de Rondônia.

Um homem foi preso no dia do crime. Os avós do garoto disseram que hospedaram o suspeito em casa porque ele disse que veio de outra cidade para trabalhar em uma colheita e não tinha onde ficar. O crime ocorreu no dia 28 de abril, na casa da família.

O corpo de Gabriel foi encontrado em cima da mesa, com os pés e mãos amarrados, e coberto por flores e alimentos. A polícia disse que imagens de santos estavam ao redor do cadáver. O suspeito foi indiciado por homicídio doloso e está em uma penitenciária do Estado.

A polícia informou quea avó estava na casa quando o crime ocorreu e nada fez. Ela teria conhecimento das intenções do assassino e não chamou a polícia, por isso foi indiciada. Ela responderá em liberdade até o fim do inquérito.

Os avós perderam a guarda dos outros netos e são investigados por negligência. As crianças foram levadas para abrigos.

Fonte: R7

Compartilhar: