Bailarina de Latino baleada no peito durante tentativa de assalto é salva pela prótese

Ariany Cristine da Silva Nogueira, de 29 anos, está internada no Hospital municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca

65j56j546j45j54

Uma das bailarinas do cantor Latino foi baleada na madrugada desta sábado durante uma tentativa de assalto. Atingida no peito, Ariany Cristine da Silva Nogueira, de 29 anos, está internada no Hospital municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, na zona Oeste do Rio.

A bailarina foi submetida a uma cirurgia de emergência e, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, está lúcida. O estado de saúde de Ariany é estável, mas a paciente ainda não tem previsão de alta. A bala, que segundo a assessoria de imprensa do cantor está alojada em uma das próteses de silicone no seio da artista, não foi retirada durante a cirurgia. Segundo os médicos, a dançarina será avaliada para que a equipe decida se o projétil será retirado – em alguns casos, os médicos não mexem no projétil para evitar traumas maiores.

De acordo com o empresário do cantor, Paulo Lopes, Ariany estava indo encontrar o grupo, que viajaria para Guarapari (ES), quando foi surpreendida por criminosos armados próximo à favela Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio. “Ela tentou fugir e acabou sendo atingida”, disse.

Latino usou o Instagram, rede social de compartilhamento de fotos, para agradecer o carinho e desejar força à bailarina.

“Obrigado pelas orações de todo Brasil pra nossa negra bombom. Ela foi operada e já está num quarto esperando para receber alta provavelmente. Agora é esperar pra ver se não vai haver nenhum tipo de infecção. Ela está sob observação medica. Obrigado hospital #LorencoJorge pelos cuidados com uma das nossas mais carismáticas dançarinas”.

De acordo com informações da 32ª Delegacia de Polícia (Taquara), foi instaurado um procedimento investigativo para apurar o caso. A polícia aguarda a liberação médica de Ariany para que ela possa prestar depoimento.

 

Fonte: Veja

Compartilhar: