Bancas de revistas poderão virar ‘balcões’ de informações turísticas

A iniciativa do vereador Felipe Alves prevê que a adesão das bancas de jornal e de revistas será em caráter voluntário e gratuito

Cigarreira-em-frente-ao-Atheneu-HD-(4)

O turismo é a principal atividade econômica da cidade de Natal. O setor de comércio, serviços e turismo responde por 60% do PIB da capital potiguar. Para estimular essa indústria tão importante para o município os vereadores da Câmara Municipal de Natal aprovaram na sessão desta terça-feira (01), o projeto de lei de autoria do vereador Felipe Alves (PMDB) que inclui as bancas de jornal e de revistas como Pontos de Informações Turísticas do Município de Natal. O Projeto de Lei tem por objetivo fundamental de garantir maior informação aos cidadãos e turistas que transitam nas ruas do município do Natal/RN, considerando o número de bancas de jornal e revistas espalhadas pela cidade bem como a localização estratégica ao alcance do público. O projeto segue agora para a sanção do poder executivo.

A iniciativa prevê que a adesão das bancas de jornal e de revistas será em caráter voluntário e gratuito e serão devidamente identificados, por meio de adesivos próprios, fornecidos pelo Poder Público, facilitando a referência para os cidadãos e turistas. Caberá às bancas de jornal e de revistas a prestação de informações públicas, turísticas e culturais aos cidadãos e aos turistas, mediante a entrega de material publicitário, de acordo com as publicações oficiais dos órgãos municipais responsáveis pelas diretrizes da política municipal de turismo.

Serão disponibilizados materiais informativos gratuitamente pelo Poder Público, tais como mapas, endereços e sugestões que sejam de interesse turístico local e cultural às bancas de jornal e de revistas que estejam dispostas a atuarem como Pontos de Informações Turísticas. Poderão também ser firmadas parcerias com empresas privadas para confecção do material, sendo disponibilizada até 10% do informativo para a propaganda publicitária da empresa.

Felipe Alves é vice-presidente da comissão de Turismo da Câmara dos Vereadores de Natal e tem buscado desde o inicio do seu mandato criar alternativas viáveis para alavancar essa atividade econômica de fundamental importância para a cidade e a apresentação desse projeto de lei é mais uma iniciativa positiva para o setor. De acordo com o parlamentar a transformação desses estabelecimentos, que detêm permissões públicas, em pontos de informações turísticas, os tornará referência para o público em geral e, ainda, contribuirá para o desenvolvimento do turismo local, facilitando o acesso às informações, tais como endereços, sugestões, horários de ônibus, taxas e mesmo dicas que somente aquele indivíduo que mora no município pode recomendar.

O vereador agradeceu o apoio dos seus pares na Câmara, vez que a proposta possui largo alcance social, além disso, ele destacou os efeitos benéficos que o Projeto de Lei propiciará, especialmente por ser mais uma ferramenta que possibilitará o acesso as informações turísticas sobre a capital potiguar: “A cidade carece de um serviço dessa natureza. A medida vai melhorar muito a imagem de Natal junto aos cidadãos e turistas”, reforçou Felipe Alves.

Outro fator que corrobora com a necessidade da implementação do projeto é que a atual estrutura de informações oferecida pelo município não tem a capacidade de atender a demanda existente, portanto, estes novos pontos de informações turísticas podem ser mais um passo na capacitação e preparação para receber tais visitantes, dando maior comodidade e facilidade no disparo de dados e de informações aos espectadores, além de expor ao mundo como cidade é preparada para receber o mais exigente turista.

Compartilhar: